Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

#EspecialSeurs: Abertura do Seurs 2016 é acompanhada por 700 participantes

seurs-abertura8jpgOs 700 participantes da 34ª edição do Seminário de Extensão Universitária da Região Sul (Seurs), realizado de 3 a 5 de agosto, no Instituto Federal Catarinense (IFC) – Campus Camboriú, lotaram o auditório para acompanhar a abertura do evento. Com todas as cadeiras ocupadas, os estudantes utilizaram o chão e as escadas como assento. Após o hino nacional, os presentes puderam acompanhar as vozes líricas e delicadas dos estudantes da Universidade Estadual de Santa Catarina (Udesc) que compõem o Coral da Udesc de Joinville.

Na sua fala de abertura, o reitor substituto do IFC, Robert Lenoch, enfatizou a felicidade em sediar o Seurs. “A transformação social efetiva acontece com a transferência do conhecimento para a comunidade, realizada por meio da extensão. Essa mudança na sociedade é possível em um contexto que pretenda impulsionar a cidadania, a democracia e os movimentos sociais”, frisa.

Para o pró-reitor de Extensão, Fernando Garbuio, o IFC é o primeiro IF da Rede Federal a organizar o Seurs. “O Seminário sempre ocorreu em universidades, e, hoje, um IF recebe o maior e mais importante evento de extensão da Região Sul. É um espaço de troca de informações e de divulgação de projetos que ocorrem nas instituições de ensino no Sul do Brasil”, relata ele.

O diretor-geral do Campus Camboriú, Rogério Luís Kerber, enfatizou a alegria em sediar o Seurs, que, neste ano, trata do tema Cidadania, Democracia e Movimentos Sociais. “Ao todo, serão três dias de evento, que reúne 427 apresentações orais, 20 minicursos, 11 oficinas, 11 apresentações culturais e a união de 28 instituições de ensino. Reforçamos a importância do Seurs como canal de desenvolvimento das atividades acadêmicas e de extensão, pois momentos como esse fomentam a ligação entre as instituições de ensino e a sociedade”, finaliza ele.

Encerrada a abertura, os presentes acompanharam a palestra do professor, da Universidade Federa de Minas Gerais, Marcus Abílio Gomes Pereira, sobre Movimentos Sociais na era digital.

*Texto e fotos: Cecom/Seurs 2016.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na quinta-feira, 4 de agosto de 2016, às 18:36 pela Coordenação-Geral de Comunicação (Cecom).

Últimas notícias: