Acessibilidade no atendimento ao pA?blico

movie phone, generic Zoloft.

O balcA?o de atendimento normalmente A� um dos primeiros lugares a que o visitante tem acesso em edifA�cios pA?blicos. Podemos considerA?-lo como um cartA?o de visita da acessibilidade do edifA�cio, assim como o atendimento do recepcionista. A� ali, no balcA?o de atendimento, jA? dentro do ambiente da instituiA�A?o, que ela demonstra os primeiros sinais do seu comprometimento com a acessibilidade.

Os balcA�es de atendimento acessA�veis devem estar identificados e possibilitar a aproximaA�A?o de uma cadeira de rodas, permitindo a circulaA�A?o adjacente desta com um giro de 180A� da cadeira. A rota utilizada para se chegar ao balcA?o de atendimento acessA�vel deve observar as regras de acessibilidade, possibilitando sua utilizaA�A?o.

cadeira1

A superfA�cie de trabalho do balcA?o de atendimento acessA�vel deve ficar a uma altura entre 75cm e 85cm, e ter uma largura mA�nima de 90cm. Sob o balcA?o, a altura livre mA�nima deve ser de 73cm com um largura livre mA�nima de 80cm, e, para possibilitar o avanA�o da cadeira de rodas, uma profundidade mA�nima de 30cm.

cadeira2

cadeira3

Para facilitar a leitura labial e gestual, a iluminaA�A?o deve assegurar que a face do atendente seja uniformemente iluminada; e, em balcA�es de atendimento localizados em ambientes ruidosos, ou em caso de utilizaA�A?o de divisA?rias de seguranA�a, deve-se fazer uso de um sistema de amplificaA�A?o de voz.

O atendimento a estes padrA�es definidos pela norma de acessibilidade busca garantir a utilizaA�A?o, com autonomia, dos espaA�os e das informaA�A�es, por pessoas com deficiA?ncia ou mobilidade reduzida.

Texto e imagens: Napne/Reitoria.

Deixe uma resposta