AlA�m dos pixels: projeto de extensA?o ensina programaA�A?o e robA?tica para estudantes da rede pA?blica

Dos 22 estudantes do ensino fundamental pA?blico de Fraiburgo que realizaram o curso de extensA?o Programando o Futuro: escola de programaA�A?o de computadores para crianA�as e adolescentes em outubro de 2016 ofertado pelo Instituto Federal Catarinense (IFC) a�� Campus Fraiburgo, 15 iniciaram os estudos este ano no curso TA�cnico em InformA?tica. Por quA?? Descobriram que um computador A� muito mais do que navegar nas mA�dias sociais, A� um universo.

CONFIRA O A?UDIO DA REPORTAGEM ABAIXO

Nathali Kauana Moraes A� uma dessas alunas. Aos 15 anos conta que, desde crianA�a, sonhava em saber o que existia dentro das mA?quinas que a permitiam socializar com pessoas e saber sobre o mundo. a�?A minha mA?e nunca deixou eu desmontar o meu computador mas, aqui no IFC, por conta do curso pude ver quais os componentes que formam a mA?quina e como podemos interagir com elaa�?, frisa a futura astrofA�sica.03

Os encontros semanais para falar de programaA�A?o e robA?tica jA? envolveu 65 estudantes da rede municipal de ensino do 6A? ao 9A? ano. A� utilizando de ferramentas educativas que o pensar computacional A� despertado pelo professor Rafael Vivian, o bolsista Moacir Prates e o voluntA?rio Eduardo Meireles. a�?O nosso principal objetivo A� despertar nas crianA�as e nos adolescentes a curiosidade alA�m do mexer no computador, mas tambA�m a possibilidade de criar seus prA?prios aplicativos e jogosa�?, revela Vivian.

As ferramentas de trabalho educativas, como Blockly, Scratch e Minecraft, despertam a curiosidade e a criatividade dos participantes que trabalham em conjunto na construA�A?o do conhecimento sobre programaA�A?o e robA?tica. Outro ponto fundamental do projeto de ExtensA?o A� reduzir o preconceito existente perante o pA?blico feminino nessa A?rea. a�?Setores nas A?reas de informA?tica, engenharias, sistemas da informaA�A?o ainda sA?o dominados por homens. Precisamos mostrar que as meninas tambA�m podem seguir carreira na tecnologia, para isso A� necessA?rio despertar o interesse em especial pela computaA�A?o/programaA�A?oa�?, comenta Rafael.

Para Nathali a sensaA�A?o de descobrir como tudo A� feito A� maravilhosa. a�?A� muito legal saber o que um pixel e as imagens que eles formam, a desenvolver programas, por isso todos podem tentar, meninos e meninasa�?.

Continuidade do projeto

Prestes a completar um ano, o projeto de ExtensA?o Programando o Futuro: escola de programaA�A?o de computadores para crianA�as e adolescentes serA? submetido, este ano, para renovaA�A?o por meio de Edital da PrA?-reitoria de ExtensA?o (Proex). AlA�m de proporcionar que, anualmente, trA?s turmas do ensino bA?sico pA?blico participem do curso, a aA�A?o extensionista permite que estudantes regulares do IFC a�� Campus Fraiburgo atuem como bolsistas.

Moacir estA? no 3A? ano do curso TA�cnico em InformA?tica e sempre gostou do assunto. Por meio do projeto foi alA�m e conseguiu praticar algo que sempre teve vontade de aprender: ministrar aulas. a�?Com a supervisA?o do professor, estudo o tema de aula e as estruturo. Ainda, interajo com os alunos e me sinto A� vontade para passar o conhecimento. Desenvolvi a minha oratA?ria e hoje tenho mais liberdade para me expressara�?, diz o estudante.

A estrutura didA?tica e a maneira de passar o conhecimento para os estudantes sA?o estratA�gicas. Bolsista e professor refletem sobre um ensino passado de maneira lA?dica e atrativa. a�?Isso para que os conceitos bA?sicos da programaA�A?o sejam interessantes e possA�veis de aplicaA�A?o para eles, estimulando o pensamento crA�tico e o raciocA�nio lA?gicoa�?, afirma Rafael.

* Texto, A?udio e vA�deo: Cecom/Reitoria, por Nicole Trevisol | Jornalista MTE 02499 JP-SC.

**Imagens: DivulgaA�A?o/Campus Fraiburgo. web assign purdue, buy clomid online.

Deixe uma resposta