Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

Alunos de Blumenau visitam Aldeia Indígena e Comunidade Quilombola

bnu-indios1Estudantes do ensino médio integrado em Informática do Instituto Federal Catarinense (IFC) Câmpus Blumenau visitaram na quarta-feira (15/10) a Aldeia Indígena de Biguaçu e a Comunidade Quilombola, em Garopaba. O objetivo é proporcionar aos jovens conhecimento além da sala de aula e dos livros, permitindo-lhes vivência com outras formas de cultura.

Os alunos conheceram a Escola Wherá Tupã-Poty, da aldeia guarani Yynn Moroti Whera, onde 44 crianças da tribo aprendem o guarani como primeira língua e o português como segunda. Durante o passeio, na parada para vislumbrar a árvore centenária Garapuvu, sagrada para a tribo, os índios pintaram os rostos dos alunos com símbolos variados.

Na Comunidade Quilombola do Morro do Fortunato, localizada no Norte de Garopaba, os alunos tiveram a oportunidade de ouvir a história do povo daquele local. Além disso, experimentaram, durante o café, alguns alimentos produzidos ali mesmo.

Para a professora de Sociologia Teresinha Aparecida Cardoso, responsável pela visita, é importante para o aluno conferir in loco o que realmente é uma comunidade Quilombola e como vive o povo indígena. “Esses alunos estudam, em Sociologia, etnocentrismo, ou seja, ver a cultura do outro como certa ou errada, baseada na minha cultura, nos meus valores. Ao conhecer de perto outras realidades, quebra-se um pouco este estigma, e os ajuda a perceber que existem outras formas de arranjos sociais diferentes do nosso”, observou Teresinha.

bnu-indios2

* Texto: CECOM/Blumenau.

** Imagens: Divulgação.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na terça-feira, 4 de novembro de 2014, às 17:02 por Nicole Trevisol.

Últimas notícias: