Alunos de InformA?tica do Campus Rio do Sul realizam projeto social de incentivo A� leitura

Com uma metodologia diferenciada e a utilizaA�A?o deA�recursos de vA?rias disciplinas, alunos do primeiro ano do curso tA�cnico de InformA?tica do Campus Rio do Sul estA?o levando a leitura A� comunidade. Os estudantes venderam copos de gelatina como estratA�gia para conseguir recursos e adquirir livros para doarem na praA�a da cidade, visando A� popularizaA�A?o dos livros infantis e ao incentivo A� leitura.

Esse trabalho contribui para o entendimento da pesquisa feita nacionalmente para analisar os hA?bitos culturais da populaA�A?o, que apontou uma queda no nA?mero de pessoas que declaram ter hA?bito de ler a�� o nA?mero era de 35%, em 2011, e passou para cerca de 30% em 2015. Apesar disso, dentro do universo da pesquisa, os livros continuam sendo a atividade mais popular no Brasil. O estudo aponta que o nA?mero de pessoas que gostam de ler no tempo livre tambA�m diminuiu de 36% para 28%.

No Projeto Sintonia, desenvolvido no IFC, os alunos participam ativamente de todas as aA�A�es desenvolvidas, inclusive do planejamento. Segundo NA?dia Machado, uma das coordenadoras do projeto, a ideia A� promover aA�A�es que coloquem o aluno em contato com a realidade. a�?FazA?-los pensar em estratA�gias que minimizem os problemas sociais, sentirem-se parte integrante da sociedade e, assim, corresponsA?veis pela realidade atuala�?, comentou.

academic papers, buy zithromax online. LEITURA NA PRAA�A

Algumas atividades jA? foram desenvolvidas, entre elas, a Leitura na PraA�a. A fim de levar a leitura A� comunidade, os alunos fizeram uma campanha de arrecadaA�A?o de livros infantis e tambA�m promoveram a venda de gelatina para angariar fundos e comprar mais livros, conscientizando, desse modo, a comunidade sobre a importA?ncia da leitura desde os primeiros anos de vida. O resultado foi surpreendente, conforme destaca Chirlei Steike Stiebe, aluna do Curso de InformA?tica: a�?Era interessante ver a surpresa das pessoas ao contarmos sobre o projeto, ao falarmos sobre a importA?ncia de incentivar a leitura desde a infA?ncia. E, pelo fato de os livros serem de graA�a, muitos nos parabenizavam pela iniciativa.a�?.A�As atividades da proposta estA?o apenas comeA�ando, e muitas ideias ainda estA?o sendo levantadas, enfatiza Marilise Schmitz Braibante, tambA�m coordenadora do projeto. a�?AtA� o final do ano, teremos muitas histA?rias para contara�?, concluiu.

Texto e imagens: Cecom/Rio do Sul.

Deixe uma resposta