Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

Blumenau sedia palestra sobre gênero e violência contra a mulher

Palestra_3Blumenau é a terceira cidade com maior índice de violência de estupro em Santa Catarina. O último levantamento, feito em 2015, pela Secretaria de Segurança Pública, apontou 48 mil ameaças e 2.292 estupros cometidos contra a mulher no Estado. Para compreender o que caracteriza essa violência e reforçar que existe legislação para esse tipo de crime, o Instituto Federal Catarinense – Campus Blumenau sediou na noite de terça-feira (20/02) uma palestra com o tema Gênero e Violência contra a Mulher, promovida pelo Instituto Feminista Nísia Floresta.

Alunos, servidores e comunidade participaram do evento. A palestrante Rosane Magaly Martins, advogada do Instituto Nísia Floresta, explicou que a violência contra a mulher não se limita à violência física, e citou outros exemplos, como a violência econômica e emocional. Segundo Rosane, na violência econômica, o marido/companheiro passa a gerir os recursos da mulher, sem dar a ela condições de administrar o próprio dinheiro; já na emocional, o homem passa a desacreditar a mulher, tratando-a como louca, com o intuito de isolá-la e controlá-la. Rosane apontou ainda que a mulher de baixa renda e pouca escolaridade é a que sofre mais violência.

Para a acadêmica de Pedagogia Maiara Bastos, é preciso debater o tema e esclarecer os tipos de violência. “Ainda há quem acredite que violência se limita à agressão física, mas não é assim. E a palestra veio justamente para apontar e caracterizar outros tipos de violência contra a mulher e mostrar que precisamos tratar mais desse assunto, tanto nas escolas quanto na sociedade. Além disso, é urgente a necessidade de ampliar a assistência às mulheres que são vítimas de agressões”, opinou Maiara.

A palestrante também citou a Lei Maria da Penha. Ela e explicou que esta é a principal legislação para a enfrentar a violência contra a mulher no Brasil. A lei é reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) como uma das três melhores legislações do mundo no que se refere à violência de gênero.

Outras palestras estão programadas para os meses de Abril, Junho, Agosto, Outubro e Dezembro, em diversos bairros de Blumenau. O Instituto Feminista Nísia Floresta também organizará cursos de capacitação específicos para profissionais de diversas áreas e estudantes universitários.

Para denunciar casos de violência contra a mulher, ligue 180.

*Texto: Cecom/Campus Blumenau.

**Imagem: Divulgação.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na terça-feira, 7 de março de 2017, às 13:32 pela Coordenação-Geral de Comunicação (Cecom).

Últimas notícias: