Campus Camboriú inaugura espaço educativo “Sambaqui/escola”

Agora o Campus Camboriú conta com mais um espaço educativo diferenciado: o “Sambaqui/escola”. A área é destinada à experimentação de novas técnicas de ensino e pesquisa em história e demais ciências humanas.

De acordo com o professor de História Ivan Carlos Serpa, o local permite que os alunos tenham experiências práticas sobre como funciona uma escavação arqueológica. “Assim, conseguimos alcançar uma aprendizagem mais concreta e prática de conceitos como “pré-história”, “sítio arqueológico”, “evolução humana” e “sambaqui”. Este espaço é uma espécie de sala de aula a céu aberto, onde os conhecimentos não estão escritos em folhas de papel, mas em folhas de areia, em camadas estratigráficas, demonstrando in loco a relação do homem com a natureza, o conhecimento e a passagem do tempo natural e histórico”, destacou.

Sobre o espaço educativo

O espaço está localizado próximo ao galpão de reciclagem e simula um sítio arqueológico em escavação. A atividade faz parte projeto “Escolas do Século XXI”, coordenado pelo professor Ivan Carlos Serpa. Segundo o docente, outras disciplinas também podem realizar parcerias e proporcionar aos alunos uma aprendizagem mais eficiente, interessante e técnica.

Texto: Cecom/Camboriú / Marilia Massochin
Fotos: Ivan Carlos Serpa