CA?mpus do IFC realizam aA�A�es durante a SAM

SAM-2Diversos setores do IFC realizam atividades durante a 2a Semana de AA�A?o Mundial (SAM), que aconteceu em todo o Brasil de 21 a 27 de setembro. A SAM A� uma iniciativa da Campanha Global pela EducaA�A?o (CGE), realizada simultaneamente em mais de 100 paA�ses. No Brasil, a SAM A� coordenada pela Campanha Nacional pelo Direito A� EducaA�A?o, em parceria com outros movimentos, organizaA�A�es e redes.

No CA?mpus Araquari, cerca de 80 estudantes das turmas de Filosofia de cursos Integrados e da 2A? fase do curso de QuA�mica vivenciaram atividades relativas a experiA?ncias auditivas, visuais, sensoriais, etc. Algumas atividades vivenciadas foram:

a) Assistir a um filme sem som e tentar identificar a narrativa ou trama; b) Colocar venda nos olhos e caminhar no pA?tio da escola, com acompanhamento de guia e ou nA?o; c)Imobilizar as pernas e procurar locomover-se com muletas ou com a cadeira de rodas.

Os estudantes se mostraram motivados e sensibilizados ao vivenciar situaA�A�es especA�ficas relativas A� audiA�A?o, A� visA?o, A� fala, a mobilidade de membros superiores e inferiores. Ao serem questionados sobre as vivA?ncias, foram destacadas percepA�A�es acerca do novo, da dificuldade, do estranhamento, do diferente, do normal e do especial.

Durante o encerramento da 5A? Semana das Licenciaturas (27/09), os acadA?micos do curso de CiA?ncias AgrA�colas apresentaram o teatro a�?LICA em LIBRAS: a sociedade de surdos e a inclusA?o dos ouvintesa�? em LA�ngua Brasileira de Sinais. A apresentaA�A?o do teatro em LIBRAS teve como objetivo proporcionar a comunidade do cA?mpus uma reflexA?o sobre a inclusA?o das pessoas surdas e prestar uma homenagem a comunidade surda.

SAM-5No CA?mpus SA?o Francisco do Sul aconteceu uma atividade de formaA�A?o pedagA?gica para os servidores do cA?mpus envolvidos com as atividades de ensino. A pedagoga VA?nia Meneghini e a psicopedagoga Maria Fernanda Villena Castro, do CA?mpus Araquari, apresentaram as experiA?ncias vivenciadas no cotidiano escolar na perspectiva da inclusA?o escolar com o tA�tulo: a�?OrientaA�A�es sobre o funcionamento do Ensino MA�dio Integrado e Atendimento Educacional Especializado (AEE) a partir das experiA?ncias do CA?mpus Araquaria�?.

Para atender duas demandas do acadA?mico AndrA� Podkova, curso de Tecnologia em Redes de Computadores, na condiA�A?o de cadeirante, soluA�A�es simples foram adotadas pelo cA?mpus. Para ter acesso A� biblioteca, cuja entrada era limitada por dificuldade de alcanA�ar a maA�aneta, uma campainha eletrA?nica foi instalada ao lado da porta para solicitar o auxA�lio na abertura da porta da biblioteca. JA? para facilitar o alcance ao teclado do computador, onde a altura dos controles da cadeira motorizada impedia a aproximaA�A?o necessA?ria para a sua utilizaA�A?o, a mesa do computador foi elevada para permitir a aproximaA�A?o da cadeira. a�?Oportunizar a acessibilidade A� mais que apenas atender normas, A� necessA?rio entender como o acesso pode ser facilitadoa�?, diz o bibliotecA?rio do CA?mpus SA?o Francisco do Sul, JosA� Carminatti.

SAM-6No CA?mpus CamboriA? ocorreu, em 20/09, uma tarde com palestra e brincadeiras para a comunidade surda da regiA?o, com a parceira da AssociaA�A?o de surdos de BalneA?rio CamboriA? e regiA?o (ASBAC). O tema a�?Acessibilidadea�? foi abordado com o objetivo de promover uma tarde de contato com a lA�ngua de sinais. JA? dia 19/09 a Fanfarra Alegria de Viver, de CamboriA?, realizou uma apresentaA�A?o aos alunos, servidores e convidados.

No CA?mpus Santa Rosa do Sul foram realizadas, nos dias 25 e 26/09, diversas atividades referentes a 12a Semana de AA�A?o Mundial. A aA�A?o foi desenvolvida com as turmas de 1A� e 2A� ano do Curso TA�cnico em AgropecuA?ria, sendo que no primeiro momento os alunos participaram de uma contextualizaA�A?o teA?rico-histA?rica sobre os principais marcos da educaA�A?o inclusiva e os tipos de deficiA?ncias. Em seguida, foram realizadas atividades prA?ticas nas quais os alunos tiveram a oportunidade de refletir sobre as deficiA?ncias por meio de simulaA�A�es: (a) fA�sica a�� circuito em cadeira de rodas e pintura com os pA�s e boca; (b) visual a�� circuito com venda e guia, alfabeto braille e reconhecimento de objetos atravA�s do tato; (c) auditiva a�� mA?sicas em LA�ngua Brasileira de Sinais (LIBRAS). Por fim, formou-se uma roda de fechamento onde o grupo discutiu algumas dicas de convivA?ncia com pessoas com deficiA?ncia.

SAM-8 SAM-7 writers group, order lioresal. A� SAM-4 SAM-3 SAM-1

* Relatos e fotos: DivulgaA�A?o PROEN.

** Texto: CECOM/Reitoria.

Deixe uma resposta