Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

Câmpus Videira realiza 3º Simpósio da Pedagogia

3ºSimpósio-da-Pedagogia1Na segunda-feira, 19 de maio, o Câmpus Videira deu início à terceira edição do Simpósio da Pedagogia. O convidado para ministrar a palestra de abertura foi o professor Fernando José Taques, doutor em Sociologia Política pela UFSC, diretor do IFC Câmpus Ibirama e ex-professor do Câmpus Videira.

Taques abordou o tema Gênero e Educação. “A minha proposta é trazer algo que sirva de princípio para esta semana do Simpósio. Não é diretamente falar sobre inclusão, educação ou diversidade, mas a minha proposta é apresentar aquilo que o escritor italiano Umberto Eco apresentou como a raiz de todos os problemas. Essa raiz se resume em uma palavra: intolerância”, argumenta.

“Tolerância não é o respeito, não é aceitação do outro, mas sim uma virtude que se opõe ao sectarismo, ao totalitarismo e ao autoritarismo. Tolerância é a palavra que aparece quando o amor falta, quando a simpatia falta, quando o respeito falta, tolerância é uma palavra que aparece quando as coisas faltam”, define.

Ao citar o filósofo português Baruch de Espinosa, o professor propôs uma reflexão a respeito de como disseminamos preconceitos por meio da “zombaria” e do sarro. “A pergunta que temos que fazer é: porquê nós tiramos sarro das pessoas? Quando eu tiro sarro de alguém primeiro eu estou esquecendo dos meus problemas e segundo eu estou me reafirmando em um grupo, afinal, ninguém tira sarro sozinho. Mas nós podemos nos divertir sem o sarro, já que isso não nos acrescenta nada e não atesta nossa sabedoria”, afirma.

Segundo Taques, esse mesmo filósofo (Baruch de Espinosa) oferece duas alternativas para que o sarro deixe de fazer parte do cotidiano das pessoas. “A primeira seria substituir um prazer por outro. Já que sentimos prazer em tirar sarro das pessoas a solução seria encontrar algo que nos dê mais prazer que isso. A outra opção, e a mais importante, é deixar de ter prazer com algo percebendo que aquilo nos causa mal, nos desconforta, não nos enobrece e não acrescenta nada para nosso crescimento. E é aí que entra o papel de cada um de vocês como futuros educadores. É aí que entra o verdadeiro papel de transformação que a pedagogia tem. É pra isso que a Pedagogia existe há mais de 2500 anos: para criar reflexão”, destaca.

Mesa

Integrando a mesa diretiva a diretora-geral do Câmpus Videira comentou a importância do pedagogo. “O professor tem um papel essencial pois é responsável pelas sementes do amanhã. Ao novo educador de hoje compete o desafio de refazer a educação, reinventá-la, criar alternativas pedagógicas que favoreçam o aparecimento de um novo tipo de pessoas, mais solidárias, preocupadas com um novo projeto social e político que construa uma sociedade mais justa”, defende.

Já a coordenadora do curso de Pedagogia, professora Francini Carla Grezca, falou sobre o Simpósio. “O evento desde ano aborda o tema diversidade e inclusão. Este tema foi proposto por participantes de edições anteriores em fichas de avaliação ou por discussões levantadas a partir de estudos dos componentes curriculares do curso. O Simpósio vislumbra encadear diálogos entre diferentes saberes afim de romper com a paz silenciada dando voz às diversidades”.

Também presente integrando a mesa diretiva, a secretária Municipal de Educação, Roberta Martinez, parabenizou a organização do evento pela escolha do tema. “Hoje na área da Educação nós estamos dando um foco muito grande sobre as questões da diversidade. O professor gosta de trabalhar com pessoas, gosta de formar pessoas e dessa forma nós temos que ter o conhecimento, respeito e um olhar especial com relação à diversidade”.

A mesa diretiva de abertura foi composta pela diretora do Câmpus, Rosangela Aguiar Adam, pela coordenadora do curso de Pedagogia, Francini Carla Grezca, pela Secretária de Educação de Videira, Roberta Martinez, por Aline Perazzoli Buratto (representando a Gerente Regional de Educação Rita de Cássia Soares) e por Maryndia Luana Marchetti Machado, representando os estudantes.

Apresentação cultural

A abertura do Simpósio da Pedagogia contou, também, com a estreia do grupo italiano do IFC Videira, que realizou uma bela apresentação no evento. Conheça mais sobre o grupo, aqui.

Programação

O 3º Simpósio ocorre de 19 a 23 de maio com uma programação variada. Acesse o site do evento e fique por dentro do que ocorre até sexta-feira no IFC Videira!

* Texto e foto: CECOM/Videira.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na quinta-feira, 22 de maio de 2014, às 13:46 por Nicole Trevisol.

Últimas notícias: