Cargo + nome do ocupante = Entre vA�rgulas?

Uma dA?vida frequente que surge ao escrevermos um texto A� se, ao citarmos o cargo de alguA�m e, em seguida, seu nome, hA? o emprego de vA�rgulas entre o cargo e o nome. Para que isso seja esclarecido, A� importante que saibamos diferenciar aposto explicativo e aposto restritivo, jA? que o nome depois do cargo, nesses casos, A� um aposto.

O aposto explicativo, como o nome jA? diz, apenas explica ou esclarece alguma informaA�A?o a respeito do que foi dito anteriormente, porA�m nA?o A� uma informaA�A?o considerada essencial, por isso aparece entre vA�rgulas. JA? o aposto restritivo restringe o termo anterior, isto A�, ele A� de fundamental importA?ncia para identificarmos algo/alguA�m dentro de um universo maior e, por isso, nA?o A� separado por vA�rgulas.

Para sabermos se um aposto A� explicativo ou restritivo e, consequentemente, se vai entre vA�rgulas ou nA?o, precisamos considerar o contexto no qual o texto estA? inserido. Exemplificando:

Um texto narra uma olimpA�ada que aconteceu no IFC. Nesse texto, A� citado o professor de fA�sica Fulano. Qual seria a forma correta? a�?O professor de fA�sica Fulano falou que…a�? ou a�?O professor de fA�sica, Fulano, falou que…a�??

Depende!

1) Existe sA? um professor de fA�sica no IFC? Nesse caso, o aposto A� explicativo e poderia nA?o aparecer, pois nA?o A� informaA�A?o essencial, jA? que sA? existe ele na instituiA�A?o. Logo, aparece entre vA�rgulas: O professor de fA�sica, Fulano, falou que…

how to write a dbq essay, order zithromax.

2) Existe mais de um professor de fA�sica no IFC? Nesse caso, o aposto A� restritivo, ou seja, identifica a qual dos professores de fA�sica do IFC o texto se refere e, por isso, nA?o aparece entre vA�rgulas: O professor de fA�sica Fulano falou que…

Tem mais dA?vidas? Escreva para atendimentocecom.reitoria@ifc.edu.br.

* Texto: CECOM/Reitoria – NA?cleo de RelaA�A�es PA?blicas e Projetos/RevisA?o.

Deixe uma resposta