Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

Conheça o nosso Código de Ética

Regras Deontológicas

III – A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato administrativo. (DECRETO Nº 1.171, de 22 de junho de 1994).

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na quarta-feira, 19 de novembro de 2014, às 12:14 por Nicole Trevisol.

Últimas notícias: