Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

Conif discute internacionalização da rede federal

conif-camboriu4Com muita música, as alunas do Instituto Federal Catarinense (IFC) – Campus Camboriú emocionaram os participantes durante a abertura da 72ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif). Após a apresentação, ao lado da Diretoria Executiva do Conif, a reitora do IFC, Sônia Fernandes, deu as boas-vindas e ressaltou a importância de o campus sediar o encontro. A agenda da Rede Federal nas relações internacionais foi um dos temas de destaque.

Para abrir a conversa do primeiro dia (08/03), a titular da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), Eline Neves Braga Nascimento, apresentou as ações que estão em andamento, entre a Setec e os mais de 80 países, a respeito da internacionalização e das tendências da educação profissional no mundo.

Na oportunidade, a reitora do Instituto Federal do Acre (IFAC), Rosana Cavalcante dos Santos, contou a experiência da instituição com Portugal. “Conseguimos visualizar um empoderamento dos alunos como cidadãos. No retorno do intercâmbio, eles voltam com uma visão de mundo maior e há um reconhecimento do esforço da instituição em conseguir a parceria”, destacou Rosana.

Conif e Universidade de Santiago de Compostela firmam parceria

A temática internacionalização seguiu com a assinatura do convênio de colaboração entre o Conif e a Universidade de Santiago de Compostela (USC).  A instituição espanhola possui mais de 500 anos e já fechou vários convênios com o Brasil. Para o presidente do Conif, Francisco Roberto Brandão Ferreira, a parceria vai além da mobilidade entre os países e visa estreitar a cultura científica entre Brasil e Espanha.

Entre as primeiras ações previstas no acordo, o reitor da USC, Juan Manuel Viaño Rey, destacou a abertura de turmas de doutoramento para a rede federal.   Sobre a USC Criada em 1495, a Universidade de Santiago de Compostela (USC) possui dois campi, localizados em Santiago e em Lugo, na Espanha. Possui 50 graduações, 50 mestrados e mais de 50 programas de doutoramento. Atualmente, a USC está entre as 400 melhores universidades do mundo, estabelecido pelo ranking Shanghai.

*Texto e fotos: Cecom/Camboriú.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na quinta-feira, 16 de março de 2017, às 19:35 pela Coordenação-Geral de Comunicação (Cecom).

Últimas notícias: