Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

Enem: edição de 2016 registra número superior a 9,2 milhões de candidatos inscritos

Entre a futura presidente do Inep, Maria Inês Fini, e a secretária executiva Maria Helena Guimarães de Castro, o ministro Mendonça Filho apresenta o balanço das inscrições para o Enem deste ano (Foto: Isabelle Araújo/MEC)

Entre a futura presidente do Inep, Maria Inês Fini, e a secretária executiva Maria Helena Guimarães de Castro, o ministro Mendonça Filho apresenta o balanço das inscrições para o Enem deste ano (Foto: Isabelle Araújo/MEC)

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016 registrou 9.276.328 inscritos. Esse quantitativo é o segundo maior da série histórica do exame – fica atrás apenas da edição de 2014, quando foram registrados 9.490.952. Na edição anterior, o número chegou a 8.478.096. O prazo para inscrições terminou na sexta-feira, 20. “Toda a estrutura foi bem desenvolvida, e temos tudo pronto a partir de um processo de inscrição bem feita”, destacou a futura presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Maria Inês Fini.

O ministro da Educação, Mendonça Filho, ressaltou a consolidação do exame, destacando-o como um caso de sucesso. “Este será um Enem transparente e com segurança. Exemplo de qualificação para a educação”, afirmou, antes de lembrar o compromisso da nova gestão com os principais programas da área. “Aquilo que é bom, do bem, vai continuar. Educação não pode ter partido”, disse. O Enem deste ano segue na integralidade o Edital do Inep nº 10, de 14 de abril último, sem sofrer alterações.

A secretária-executiva do MEC, Maria Helena Guimarães, aproveitou a presença dos servidores do Inep para fazer um resgate histórico e destacar a importância do órgão. “O Inep é um exemplo de sucesso na gestão pública. Em 1994, quando fui presidente da Undime Nacional, um dos principais desafios era ajudar na recriação, já que tinha sido extinto em 1990”.

A inscrição para os candidatos não isentos da taxa (R$ 68) será efetivada somente após o pagamento, que pode ser feito até quarta-feira, 25, em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios, por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU), que pode ser gerada na página do exame na internet. Operações bancárias processadas pela internet após as 21h59min são consideradas fora do prazo. Portanto, caso isso ocorra, a inscrição não será homologada.

A partir de 1º de junho próximo, será liberado o aplicativo Enem 2016 para dispositivos móveis. Os participantes terão acesso às informações necessárias ao longo de todas as etapas do exame, além da possibilidade de acompanhar o andamento da inscrição.

Esta edição do Enem traz, pela primeira vez, o reconhecimento individual por meio de impressão digital na ficha de identificação do participante. Esse novo procedimento adota a tecnologia de selo gráfico autoadesivo e soma-se aos demais, tais como lacre eletrônico nos malotes de prova e uso de detector de metais nos locais de aplicação do exame.

Mais informações em: http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=36421.

Texto: Assessoria de Comunicação Social (MEC), com informações do Inep.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na quarta-feira, 25 de maio de 2016, às 11:59 pela Coordenação-Geral de Comunicação (Cecom).

Últimas notícias: