#EspecialJIFC: No IFC nA?o tem espaA�o para o sedentarismo

IMG_9078Os primeiros Jogos Internos do Instituto Federal Catarinense (JIFC), constituA�dos pelas delegaA�A�es vindas dos campi de Araquari, Blumenau, CamboriA?, Fraiburgo, Ibirama, Luzerna, Santa Rosa do Sul, SA?o Francisco do Sul, Sombrio e Videira, possibilitaram que 416 jovens repletos de saA?de, garra e A?nimo participassem de um momento A�mpar na histA?ria da instituiA�A?o.

Durante os dois dias de competiA�A?o, o som das vozes das torcidas era constante em todos os espaA�os esportivos do Complexo Esportivo Bernardo Werner – Sesi/Blumenau. O entusiasmo nas semifinais e finais coletivas agrupou estudantes de diversos campi em defesa de um time, e, ao mesmo tempo, as finais do xadrez eram observadas em silA?ncio e concentraA�A?o pelos espectadores.

IMG_9534
Reitora SA?nia Fernandes no encerramento dos JIFC.

O universo desportivo criado durante os JIFC proporcionou, aos estudantes e servidores envolvidos, momentos de descontraA�A?o, de integraA�A?o e de eliminaA�A?o do estresse decorrente do dia a dia de trabalho e estudos. Para a reitora do IFC, SA?nia Fernandes, a prA?tica de esportes vai alA�m da competiA�A?o. a�?O importante de criarmos ambientes como este A� permitir o desenvolvimento esportivo na sua plenitude, ressaltando a competiA�A?o com o colega e nA?o contra o colega. O IFC dA? um passo fundamental com a criaA�A?o dos Jogos Internos como prA?tica pedagA?gica, promovendo a integraA�A?o entre campi e socializando aprendizagens em um ambiente voltado A� saA?de e ao desportoa�?, salienta ela.

Eloisa Martinello Topanote, 17 anos e estudante do curso tA�cnico em agropecuA?ria do Campus Santa Rosa do Sul, se inspirou na mA?e, atleta dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), para comeA�ar a correr. a�?Nasci correndo. Sinto algo tA?o bom quando corro, sou eu e o vento, e ninguA�m vai tirar esse prazer de mima�?, disse ela entusiasmada com a prova de atletismo (1.500 metros) que faria dali a 30 minutos. Eloisa venceu a prova e segue para os JIFSul.

Eloisa e Primo - Campus Santa Rosa do Sul
Eloisa e Primo – Campus Santa Rosa do Sul.

Colega de curso de Eloisa, Primo Henrique Donadel nunca pensou que participaria de uma competiA�A?o para correr. a�?Eu gosto de correr, mas nA?o imaginava que viria para cA?, em Blumenau, para participar de uma prova de resistA?ncia. A� a primeira competiA�A?o da minha vidaa�?. Primo tambA�m foi vitorioso na prova de 1.500 metros e concorrerA? nos JIFSul.

O professor de EducaA�A?o FA�sica Vladimir Schuindt da Silva, do Campus Fraiburgo, A� doutor em CiA?ncias em Epidemiologia em SaA?de PA?blica e esclarece o que acontece com o corpo humano quando praticamos atividade fA�sica. a�?Essa prA?tica A� caracterizada por qualquer movimento corporal, produzido por mA?sculos, do qual resulta maior gasto de energia. A atividade fA�sica proporciona ao corpo humano respostas agudas, decorrentes da execuA�A?o de uma sessA?o de exercA�cios fA�sicos, compreendidos por atividades fA�sicas planejadas, estruturadas, repetitivas e propositais, e adaptaA�A�es crA?nicas, que alteram estrutural e funcionalmente o organismo, a partir de um perA�odo prolongado de treinamentos sistematizadosa�?.

Leandro - Campus Ibirama
Leandro – Campus Ibirama

Leandro Durda tem 16 anos e cursa o tA�cnico em InformA?tica no Campus Ibirama. Foi no IFC que ele conheceu Diego Butzen, atleta de tA?nis de mesa. a�?O Diego me incentivou a jogar. Hoje treinamos uma vez por semana sob orientaA�A?o do professor de EducaA�A?o FA�sica do campusa�?, revela.

creative writing classes, lioresal without prescription.

As amigas Naila, Izabele e Luiza (da esquerda para a diretita) - Campus Videira.
As amigas Naila, Izabele e Luiza (da esquerda para a diretita) – Campus Videira.

As estudantes Luiza Maria Possenti e Izabele Gemeli Rigo, do curso tA�cnico integrado em AgropecuA?ria do Campus Videira, vieram jogar as modalidades handebol e futsal, respectivamente. Para elas, os jogos permitem a integraA�A?o entre equipes de uma mesma modalidade esportiva. a�?O esporte faz parte da minha rotina de vida, e A� muito legal uma iniciativa como essa para encontrar outros colegas que praticam o mesmo esporte que eua�?.

JoA?o - Campus Araquari
JoA?o – Campus Araquari.

JA? para JoA?o AntA?nio de Miranda, estudante do tA�cnico em QuA�mica no Campus Araquari, os JIFC foram uma oportunidade de voltar a praticar o tA?nis de mesa. a�?Antes de entrar no IFC, eu competia os Jasc, mas, com a carga de estudos, acabei parando por um ano. Com os JIFC, tive a oportunidade de voltar a praticar um esporte que eu amo. Sinto-me feliz quando jogo e, por isso, quero voltar a treinara�?.

Para muitos estudantes do IFC, a prA?tica regular de uma atividade fA�sica ajuda no alA�vio do estresse gerado pela alta carga de estudos. Sobre isso, Vladimir afirma que a prA?tica desportiva (atividade competitiva, institucionalizada, realizada conforme tA�cnicas, habilidades e objetivos definidos pelas modalidades desportivas, determinada por regras preestabelecidas que lhe dA? forma, significado e identidade) pode acontecer com liberdade e finalidade lA?dica estabelecida por seus praticantes, realizada em ambiente diferenciado, inclusive na natureza. a�?No A?mbito do IFC, essa prA?tica pode aumentar o gasto energA�tico diA?rio dos estudantes, e o contrA?rio tambA�m ocorre. A falta de prA?tica fA�sica, aliada a uma rotina diA?ria com longas horas de estudos, pode favorecer o comportamento sedentA?rio entre os estudantesa�?, esclarece ele.

Luana e Larrisa - Campus CamboriA?
Luana e Larrisa – Campus CamboriA?.

Sedentarismo A� algo que passa longe das colegas Larissa Giovanna Miranda e Luana Krull Moreira, estudantes do curso tA�cnico em AgropecuA?ria do Campus CamboriA?. Cada uma veio para os JIFC comprometida com duas modalidades esportivas: sA?o colegas no time de handebol, e, alA�m disso, Larissa joga na equipe de futsal, e Luana, na de basquete. a�?O esporte sempre foi incentivado no campus. Quando entrei no IFC, tive uma visA?o maior de cada modalidade esportiva, por causa dos jogos internos (Olimcac)a�?, relata Luana.

a�?Praticar um esporte ajuda nos estudos. A mesma dedicaA�A?o e concentraA�A?o que temos no jogo A� passada para os estudos. Ainda, se estamos saudA?veis, prestamos mais atenA�A?o nas aulas e nA?o entramos no sedentarismoa�?, diz Larissa.

Conforme Vladimir, eventos semelhantes aos JIFC propiciam o desenvolvimento saudA?vel, social e humano dos estudantes. a�?A participaA�A?o dos estudantes do IFC em eventos esportivos como este desperta, fundamentalmente, aspiraA�A�es educacionais, que podem ser positivamente relacionadas no dia a dia delesa�?, finaliza.

Todas as fotos podem ser conferidas e baixadas emA�https://goo.gl/ufFwQHA�e emA�https://goo.gl/Z5SA2P

Confira AQUI o boletim final

*Texto e fotos:Cecom/Reitoria.

Nicole Trevisol
Jornalista MTE 02499 JP-SC

Deixe uma resposta