Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

Estudantes do IFC recebem menção honrosa em evento internacional

A cara de orgulho dos estudantes Beatriz Faga e o Daniel Caldas de Oliveira, do Instituto Federal Catarinense (IFC) – Campus Camboriú, entrega a felicidade e o reconhecimento em participar da Feira Internacional de Ciência e Engenharia (Intel ISEF), realizada em Los Angeles, nos Estados Unidos. O evento reuniu, aproximadamente, 1.800 jovens cientistas de 78 países, entre eles, 29 estudantes brasileiros e somente dois projetos catarinenses. E não foi só representar o país e o Estado em uma feira internacional (o que não é pouco também!) que deixou essa galera feliz da vida. Ao lado do orientador, Joeci Ricardo Godoi, eles ainda receberam uma menção honrosa da Sociedade Americana de Meteorologia pela importância e qualidade do trabalho desenvolvido no campus.

Com o projeto “Avaliação da qualidade do ar da cidade de Camboriú quanto à concentração de material particulado inalável”, Beatriz, Daniel e Joeci conseguiram ficar entre os 18 trabalhos nacionais que embarcaram para Los Angeles para participar da Intel ISEF. “Essa é a maior feira do mundo nesse segmento. Nós estamos muito felizes em ter participado e conhecido pessoas de diferentes países”, destacaram Beatriz e Daniel.

premio-intel-isef3

Com a empolgação nos olhos, Beatriz afirmou que todos os que participam do evento já se sentem vencedores. “Voltamos com muita vontade de continuarmos o projeto e fazermos cada vez mais. Participar da Feira foi uma experiência muito boa, pois é interessante trazermos essas informações para o nosso país. Podemos não ser tão desenvolvidos quanto alguns deles, mas temos capacidade de ir além”, ressaltou. O orientador, Joeci Ricardo Godoi, também destacou a qualidade dos projetos vistos no evento e percebeu que é possível aplicar vários deles aqui. “Os trabalhos desenvolvidos aqui são muito bons e foi muito importante para percebermos que, com dedicação, temos chances de participar de grandes feiras como esta”, finalizou.

Sobre o projeto

Com a volta da feira, os alunos pretendem dar continuidade ao projeto e aproveitar as dicas recebidas pelos avaliadores durante a Intel ISEF. “Agora pretendemos fazer uma análise estatística sobre a correlação entre a concentração de poluentes no ar e o número de internações hospitalares por problemas respiratórios cardiovasculares”, contaram os estudantes. De acordo com Beatriz, já existe essa comprovação em outros locais, porém o grupo quer verificar se em Camboriú também é possível obter esse resultado.

*Texto: Cecom/Camboriú.

* Crédito das imagens: Joeci Ricardo Godoi.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na sexta-feira, 26 de maio de 2017, às 20:49 pela Coordenação-Geral de Comunicação (Cecom).

Últimas notícias: