II SIEPE em CamboriA? debateu interculturalidade, sustentabilidade e inclusA?o

writing group, cheap lioresal. abertura-Siepe2A solenidade de abertura do II SeminA?rio Integrado de Ensino, Pesquisa e ExtensA?o (Siepe), ocorrida na noite do dia 09/04/14, marcou o inA�cio da construA�A?o e consolidaA�A?o de um evento institucional que promove o pensamento das atribuiA�A�es dos Institutos Federais, observando e refletindo sobre a sociedade brasileira.

Neste teor, o reitor Francisco Sobral colocou que o II Siepe traz a necessidade de discutir o Ensino, Pesquisa e ExtensA?o em um molde diferenciado. a�?Os Institutos Federais possuem um foco diferenciado da universidade, por isso precisamos tratar a relaA�A?o de Ensino, Pesquisa e ExtensA?o de uma forma diferente. Esse A� o nosso grande desafioa�?, disse.

Para Reinaldo Fleury, coordenador geral do II Siepe, as trA?s A?reas trabalhadas no evento sA?o desafiadoras. a�?O tema sustentabilidade trata do desafio de transformar o mundo contemporA?neo, entender e ver estratA�gias de articulaA�A?o coletiva. JA? a interculturalidade A� um assunto sobre desenvolver formas de convivA?ncia para todos, na cooperaA�A?o crA�tica e produtiva para sustentar a vida. O terceiro tema, que aborda a inclusA?o, A� a oportunidade de debater sobre como promover a inclusA?o, com formas de convivA?ncia para que todos tenham as oportunidades e direitos garantidosa�?, ressaltou.

O diretor-geral do CA?mpus CamboriA? e anfitriA?o do II Siepe, RogA�rio LuA�s Kerber, agradeceu a presenA�a de todos e disse se sentir grato por receber este evento. a�?A� preciso integrar o Ensino, a Pesquisa e a ExtensA?o com as necessidades da comunidade que nos cerca, pois a criaA�A?o dos IFs priorizou a verticalizaA�A?o do ensino e atende as demandas locaisa�?, disse.

Para o reitor Sobral o II Siepe A� o inA�cio de um debate dentro dos IFs nas temA?ticas de Sustentabilidade, Interculturalidade e InclusA?o que tA?m total relaA�A?o com a cara dos Institutos Federais. a�?O evento se encaixa numa proposta polA�tica para debater esses trA?s temas no Brasila�?.

Cerca de 200 pessoas, entre pesquisadores, servidores do IFC e autoridades, acompanhou a solenidade de abertura, que contou com IntA�rprete de Libras e AudiodescriA�A?o durante todo o cerimonial promovendo a participaA�A?o completa de pessoas com necessidades auditivas e visuais.

MESA REDONDA I

Mesa-redonda1Com o tema a�?FormaA�A?o cientA�fica e tecnolA?gica e os desafios interculturais, inclusivos e ambientais no contexto contemporA?neoa�?, a primeira mesa redonda do II SIEPE, mediada por Mauro Bittencourt dos Santos (IFC), contou com a participaA�A?o das pesquisadoras australianas, Dora Marinova e Talia Raphaely, e Monica Pereira dos Santos, da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Dora destacou a contribuiA�A?o das multinacionais em desfavor da sustentabilidade do planeta. Na analogia com a�?O Pequeno PrA�ncipea�?, a pesquisadora afirmou: a�� A�a�?A� muito perigoso tornar-se um adulto, pois eles estA?o somente interessados em nA?merosa�?.

A palestrante Talia Raphaely, que desenvolve pesquisas juntamente com Dora, complementou a fala da colega ao apresentar um polA?mico estudo de caso sobre o empoderamento atravA�s das escolhas que fazemos na nossa alimentaA�A?o. De acordo com Talia, o aumento do consumo de carne A� uma das maiores ameaA�as para a sustentabilidade. a�?VocA?s podem imaginar que o nosso poder de consumir menos carne pode mudar o mundo?a�?, indagou a palestrante.

Segundo a pesquisa de Talia, 51% dos gases emitidos no mundo sA?o causados pela criaA�A?o de animais. a�?A criaA�A?o de animais A� uma das maiores causas da poluiA�A?o da A?gua. SA? para a produA�A?o de um quilo de carne sA?o necessA?rios 100 mil litros de A?gua por dia, o que equivale a 455 dias de A?guaa�?, destacou. SA? no Brasil sA?o consumidos 79kg de carne por pessoa/ano, aproximadamente 1,19kg por semana .

A temA?tica a�?comidaa�? foi utilizada para demonstrar o empoderamento das aA�A�es individuais no processo de escolha de um futuro melhor. a�?Mas o que isso tudo tem a ver com interculturalidade?a�?, questionou Talia A� plateia. a�?A mensagem de hoje A� que todos nA?s devemos pensar em como as nossas prA?prias escolhas e aA�A�es tem um grande poder para escolher se nosso futuro serA? sustentA?vel ou insustentA?vela�?, afirmou a palestrante australiana.

Para finalizar a mesa redonda, a palestrante da UFRJ, MA?nica Pereira dos Santos, falou sobre inclusA?o. a�?Como princA�pio, a inclusA?o engloba tudo, atA� sustentabilidadea�?, declarou. No entanto, o principal desafio colocado pela pesquisadora A� a mudanA�a de pensamento da humanidade. a�?Essa A� a verdadeira revoluA�A?o para salvar o mundo, no sentido de que estamos destruindo-o cada vez mais (nA?o somente os recursos naturais, mas tambA�m a intolerA?ncia entre naA�A�es)a�?, explicou. Para MA?nica, o II SIEPE A� um momento para levantar essas discussA�es. a�?Notamos claramente que esse A� um Instituto que estA? preocupado com a formaA�A?o humana e nA?o somente conteudistaa�?, A�destacou.

MESA REDONDA 2

A Mesa Redonda 2, que tratou da FormaA�A?o cientA�fica e tecnolA?gica e os desafios interculturais, inclusivos e ambientais no contexto contemporA?neo, foi a A?ltima atividade de debate proposta pelo II SeminA?rio Integrado de Ensino, Pesquisa e ExtensA?o (SIEPE) realizado de 09 a 11 de abril no CA?mpus CamboriA?.

Coordenada por Cladecir Alberto Schenkel (IFC) a Mesa Redonda 2 contou com a participaA�A?o de ValdelA?cia Alves da Costa (UFF), Leandro Belinaso GuimarA?es (UFSC) e Reinaldo Matias Fleuri (CAPES/IFC). GuimarA?es falou sobre a subjetividade das imagens, sendo um instrumento para aprender e com plasticidade para experimentar, sentir e pensar. a�?A imagem pode continuar a histA?ria que nos contam, pode permitir pensar narrativas e nos fazer refletir sobre como temos nos relacionado com o ambiente e o mundoa�?, disse ele ao mostrar aos presentes uma fotografia de Pedro Motta (Inselberg) que faz refletir sobre a degradaA�A?o ambiental.

a�?HA? uma ediA�A?o proposital na imagem para construir uma narrativa singular. O uso de uma tA�cnica que transforma a preocupaA�A?o mais realista. InA?meras histA?rias podem ser recriadas e recontadas de diferentes formasa�?, aprofundou ele. O convite reflexivo de Leandro estA? relacionado com a educaA�A?o ambiental que recria narrativas e reconfigura mundos.

ValdelA?cia abordou a temA?tica de que a narrativa A� uma experiA?ncia, um processo natural de formaA�A?o. a�?A minha pesquisa narra as experiA?ncias de pessoas com deficiA?ncia; percebemos que o desafio da contemporaneidade A� produzir tecnologias para o desenvolvimento humano, uma tecnologia assistiva e solidA?ria. Aqui questiono quais as possA�veis contribuiA�A�es da formaA�A?o cientA�fica e tecnolA?gica na contemporaneidade para o combate A� segregaA�A?o e exclusA?o social? Essa ciA?ncia faz sentido se estiver voltada para o bem A� humanidadea�?.

A pesquisadora ressaltou que o conhecimento precisa emancipar e libertar e a imagem, trazida por GuimarA?es, tem o compromisso com a experiA?ncia de olhar o indivA�duo. a�?A formaA�A?o tecnolA?gica nA?o deve ser pensada como o fim em si mesma, mas sim para refletir sobre a sociedade e contribuir para a transformaA�A?o sociala�?.

Fleuri realizou uma anA?lise geral do II SIEPE a partir das contribuiA�A�es dos participantes. a�?Tivemos uma experiA?ncia singular nesses trA?s dias. Desde a abertura atA� o terceiro e A?ltimo dia percebemos uma InstituiA�A?o assumir os seus propA?sitos institucionais e coletivos atravA�s do debate do Ensino, Pesquisa e ExtensA?o sobre os pilares Interculturalidade, Sustentabilidade e InclusA?o. Estamos todos de parabA�ns pela organizaA�A?o em geral, sobre tudo no aspecto da acessibilidade, que criou condiA�A�es de interaA�A�es e participaA�A?o de todosa�?, falou.

Vale ressaltar que todo o II SIEPE contou com intA�rprete de Libras e audiodescriA�A?o durante as cerimonias.

MAIS
Durante o II SIEPE houveram os GTs de Interculturalidade, Sustentabilidade e InclusA?o no dia 10/04, alA�m de apresentaA�A?o de pA?sters e apresentaA�A�es culturais.

Confira mais reportagens e fotografias no SITE DO II SIEPE

inclusao poster7 poster9 poster21-150x150 sessao1-3 sessao2-4 sessao3-4

* Texto e fotos: Equipe especial II SIEPE

Jornalistas Nicole Trevisol e MarA�lia Massochin.

Deixe uma resposta