Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

Inaugurados 41 novos campi da Rede Federal

Em solenidade no Palácio do Planalto, nesta segunda-feira, 9/5, a presidenta da República, Dilma Rousseff, entregou placa inaugural de 41 novos campi de 21 institutos federais. O evento “Educação – Avanços e Conquistas” contou com a presença expressiva de reitores e diretores das instituições da Rede Federal, de representantes de movimentos sociais, de parlamentares e de entidades ligadas à educação.

A presidenta ressaltou a importância de democratizar e interiorizar o acesso à educação. “As pessoas de pequenas posses não podiam estudar ou tinham que deixar suas regiões. Tenho muito orgulho de ter criado, até hoje, 249 escolas”, destacou.

Para o presidente do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), Marcelo Bender Machado, a inauguração dos novos campi é o reconhecimento do avanço da educação profissional no País. “Os institutos federais são de alcance de todos os brasileiros. É uma política educacional que está mudando o Brasil e que vive um processo de expansão, que não é apenas física, mas que transforma vidas, promove a inclusão social e forma trabalhadores de excelência”.

Em seu discurso, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, enfatizou as políticas de acesso, de permanência e de inclusão. “Hoje temos mais de um milhão de matrículas nas instituições da Rede Federal, oferecendo aprendizado de qualidade para que os estudantes possam se inserir no mercado de trabalho”.

Foram inaugurados campi dos institutos federais do Acre (Ifac), de Alagoas (Ifal), Baiano (IF Baiano), de Brasília (IFB), Catarinense (IFC), do Ceará (IFCE), Farroupilha (IF Farroupilha), Goiano (IF Goiano), de Goiás (IFG), do Maranhão (IFMA), de Mato Grosso do Sul (IFMS), de Mato Grosso (IFMT), de Minas Gerais (IFMG), do Norte de Minas Gerais (IFNMG), do Paraná (IFPR), de Rondônia (Ifro), do Rio Grande do Sul (IFRS), de São Paulo (IFSP), Sul-rio-grandense (IFSul) e do Triângulo Mineiro (IFTM). Com isso, a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica passa a contabilizar 603 unidades em todo território nacional.

Texto e imagens: Assessoria de Comunicação/Conif

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na quarta-feira, 11 de maio de 2016, às 16:23 por Nicole Trevisol.

Últimas notícias: