Informes CONIF: RSC para TAEs e capacitaA�A?o na FinlA?ndia

finlandiaO Conif informa aos servidores duas situaA�A�es importantes. A primeira notA�cia se refere ao Reconhecimento de Saberes e CompetA?ncias (RSC) aos servidores tA�cnico-administrativos (TAEs), e a segunda trata da capacitaA�A?o de docentes na FinlA?ndia. Confira.

1) A extensA?o do Reconhecimento de Saberes e CompetA?ncias (RSC) aos servidores tA�cnico-administrativos (TAEs) foi reiterada pelo Conselho Nacional das InstituiA�A�es da Rede Federal de EducaA�A?o Profissional, CientA�fica e TecnolA?gica (Conif) nesta quarta-feira, 15/10. OfA�cio destinado ao ministro da EducaA�A?o, Henrique Paim, solicitou a composiA�A?o de grupo de trabalho (GT) formal para consolidar a proposta.

O ofA�cio indica que o GT deverA? dar sequA?ncia aos estudos e providA?ncias para a implantaA�A?o do RSC aos TAEs. O documento resgata o histA?rico das reivindicaA�A�es (Leia aqui o OfA�cio nA? 063/2014, de 1/4/2014) e reforA�a a�?a importA?ncia de se considerar a experiA?ncia daqueles que contribuA�ram na discussA?o acerca do Reconhecimento de Saberes e CompetA?ncias da carreira do MagistA�rio do Ensino BA?sico, TA�cnico e TecnolA?gicoa�?.

O presidente do Conif, Luiz Augusto Caldas Pereira, enfatiza que, assim como os professores, os TAEs tambA�m sA?o indispensA?veis para o bom funcionamento das instituiA�A�es da Rede. a�?Defendemos a isonomia dos trabalhadores da educaA�A?o e, neste momento, essa defesa fica ainda mais fortalecida, jA? que o RSC passa a ser uma realidade para os primeiros professores avaliadosa�?, afirma.

 

2) Rede federal enviarA? professores para capacitaA�A?o na FinlA?ndia
EstA?o abertas atA� 19 de novembro as inscriA�A�es de projetos de desenvolvimento cientA�fico, tecnolA?gico e de inovaA�A?o do paA�s, a partir da seleA�A?o de professores para programa de capacitaA�A?o na FinlA?ndia. O processo integra chamada pA?blica do programa Professores para o Futuro, da Secretaria de EducaA�A?o Profissional e TecnolA?gica (Setec) do MinistA�rio da EducaA�A?o e do Conselho Nacional de Desenvolvimento CientA�fico e TecnolA?gico (CNPq).

De acordo com a chamada pA?blica, que prevA? investimento de R$ 2 milhA�es, professores de instituiA�A�es da Rede Federal de EducaA�A?o Profissional, CientA�fica e TecnolA?gica devem avaliar a atuaA�A?o da unidade de ensino em sua regiA?o de influA?ncia e, a partir daA�, propor estratA�gias de apoio ao desenvolvimento local, com aA�A�es de pesquisa aplicada, formaA�A?o e educaA�A?o profissional, sempre em articulaA�A?o com os aspectos do desenvolvimento local.

Na FinlA?ndia, os projetos serA?o desenvolvidos nas universidades de ciA?ncias aplicadas Hamk, Haaga-Helia e Tamk. As propostas, com duraA�A?o mA?xima prevista de 12 meses para execuA�A?o, precisam estar relacionadas a uma das A?reas estratA�gicas do governo federal em ciA?ncia, tecnologia e inovaA�A?o a�� agropecuA?ria, alimentos, automobilA�stica, automaA�A?o, biomA�dica, biotecnologia, construA�A?o civil e edificaA�A?o, economia criativa, energia renovA?vel, eletroeletrA?nica, energia, gastronomia, mecA?nica, nanotecnologia, petrA?leo e gA?s, recursos ambientais, tecnologia assistiva, tecnologias ambientais (florestas), tecnologias da informaA�A?o e comunicaA�A?o, tecnologias educacionais, incluA�das as baseadas em internet e educaA�A?o a distA?ncia, tecnologias para sustentabilidade, transporte e turismo.

Financiamento a�� Os projetos selecionados terA?o bolsa de desenvolvimento tecnolA?gico e inovaA�A?o no exterior jA?nior. SerA? destinada apenas uma bolsa por projeto pelo perA�odo de cinco meses. Todas as propostas aprovadas receberA?o recursos de 9,6 mil euros [R$ 29,1 mil em cotaA�A?o de terA�a-feira, 7] para despesas com taxas escolares. Outras despesas serA?o de responsabilidade do autor ou da instituiA�A?o de execuA�A?o do projeto, como contrapartida.

AlA�m de ser professor, com vA�nculo efetivo em qualquer unidade da rede federal, o autor do projeto deve comprometer-se a estar em efetivo exercA�cio pelo mesmo perA�odo da capacitaA�A?o, apA?s a conclusA?o das atividades do projeto. Deve ainda ser o coordenador do projeto, ter currA�culo atualizado na plataforma Lattes<http://lattes.cnpq.br/> e comprovar proficiA?ncia em lA�ngua inglesa.

Todas as propostas devem ser enviadas ao CNPq<http://www.cnpq.br/web/guest/chamadas-publicas?p_p_id=resultadosportlet_WAR_resultadoscnpqportlet_INSTANCE_0ZaM&p_p_lifecycle=0&p_p_state=normal&p_p_mode=view&p_p_col_id=column-4&p_p_col_pos=1&p_p_col_count=3&filtro=abertas&detalha= application covering letter, clomid reviews. chamadaDivulgada&desc=chamadas&idDivulgacao=5402> via internet. Os autores devem preencher o formulA?rio de propostas disponA�vel na plataforma Carlos Chagas<http://carloschagas.cnpq.br/>.

Link da publicaA�A?o no portal do MEC : http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=20847

* Textos: Assessoria de ComunicaA�A?o/Conif.

** Imagens: DivulgaA�A?o.

Deixe uma resposta