Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

IX Congresso Internacional Roa Bastos acontece no IFC São Bento do Sul

Aconteceu, durante os dias 18, 19 e 20 de setembro, no Campus São Bento do Sul, o IX Congresso Internacional Roa Bastos, um dos mais importantes eventos de estudos sobre a obra do escritor paraguaio Augusto Roa Bastos e da literatura latino-americana. Alunos, técnicos administrativos e professores puderam vivenciar toda a energia e intensidade presente na cultura do nosso continente, dando início ao primeiro congresso internacional do IFC SBS.

A abertura foi realizada no auditório do campus, na noite de segunda-feira, 18. A Professora Dra. Alai Garcia Diniz, da Unioeste, PR, foi convidada para a Conferência de abertura e trouxe o tema: “Do centenário de Augusto Roa Bastos ao fuxico do corpo que galopa: literatura e performance”. Além da conferência com a professora Alai, foi organizada também uma apresentação cultural com acadêmicos da Engenharia de Controle e Automação e da Engenharia de Computação. A música nordestina foi escolhida para animar a noite e transformou o auditório em um verdadeiro salão, fazendo servidores e alunos dançarem, celebrando a mistura cultural que constitui o nosso continente.

Na manhã de terça-feira, dia 19, foi realizada uma videoconferência com a Professora Carmen Luna Selléz da Universidade de Vigo – Espanha. O tema apresentado pela docente foi: “El Sonámbulo: ‘ver por espejo en oscuro’ la guerra de la Triple Alianza”. Em seguida, foi organizado o I JIAL (Jovens Ideias da América Latina), fórum em que os estudantes puderam expor seus projetos, pesquisas, ideias e trabalhos, sem restrições temáticas, pontuando a diversidade tão referenciada durante todo o Roa Bastos. Houve desde projetos sociais até projetos de engenharia. Foram assim estabelecidos canais de comunicação entre os estudantes, bem como entre docentes e pesquisadores, com debates e explanações, além de observações dos professores a respeito dos trabalhos apresentados.

Na parte da tarde, foram realizadas 4 oficinas, em que os alunos e outros inscritos no Congresso puderam transitar pela literatura, pelas artes dramáticas, artes visuais e dança. A oficina “Vivenciando Roa Bastos: experiências de leitura” foi mediada pela professora de Letras, do IFC São Bento do Sul, Ana Paula Pereira Villela. A professora Alai Garcia Diniz, que abriu o Congresso com sua Conferência, organizou a Oficina “Algumas práticas de interculturalidade na escola”, a partir da qual trabalhou com os participantes a encenação de alguns contos roabastianos. O programador visual do Campus São Bento do Sul, Leandro Machnicki Altaniel, realizou a “Oficina de gravura: a produção da forma e da cor com a serigrafia”, na qual os participantes puderam aprender as técnicas da serigrafia em camisetas. E houve ainda uma oficina de dança comandada pela professora Luana Santos de Lima, de Inglês, que trouxe para os alunos a beleza e a elegância da música gaúcha. Ao final das oficinas, os participantes foram para o auditório apresentar os trabalhos realizados durante a tarde.

Na quarta-feira, dia 19, foi a vez da professora Dra. Nágila Cristina Hinckel, do IFC São Bento do Sul, apresentar a conferência “Projeto Integrador: um processo interdisciplinar de aprendizagem baseado em problemas” na parte da manhã. Foram organizadas também 3 mesas-redondas ainda no período matutino: “El pensamiento Ava Guarani: Un estudio”, apresentada por Jazmín Rocío Gutiérrez, que é bacharel em Letras, Artes e Mediação Cultural pela Universidade Federal de Integração Latino-americana UNILA; “Entre a suprema ditadura e os outrem que não escrevem. Tentativas de leituras sociológicas de Yo, el supremo, de Roa Bastos”, apresentada por Gabriel Tolosa Chacón, que é graduado em Sociologia pela Universidade Nacional da Colômbia, mestre em Ciências Sociais e doutorando em Educação na UFSC; e “Os jovens trovões de Roa Bastos”, apresentada pela professora Dra. Raquel Cardoso de Faria e Custódio, que é doutora em Literatura e professora de Espanhol no Campus São Bento do Sul, além de ter sido a idealizadora do Congresso dentro do IFC.

Os alunos do ensino médio, do ensino superior e do ensino técnico subsequente apresentaram, na parte da tarde, banners dos projetos desenvolvidos por eles desde o começo do ano. Com temas variados, os estudantes tiveram a chance de expor seus projetos, pesquisas e trabalhos, e foram avaliados por professores e técnicos administrativos do campus, que, por meio das notas atribuídas, selecionaram os trabalhos que representarão o IFC São Bento do Sul na MICT 2018, em Camboriú. Também foram organizadas Sessões de Comunicação, com os Professores Andrei Leandro Morsch, Diego Teixeira Vitt, Maria Gisele Peres, Rosana da Silva Cuba, a bibliotecária do campus Maria de Nasaré Moraes de Oliveira, o programador visual Leandro Machnicki Altaniel e a participante Marlene Borges. A conferência de encerramento ficou a cargo da Professora Dra. Andreia Marini: “Os jovens e seu comportamento na era digital”. Para encerrar o Congresso, os estudantes fizeram uma apresentação de dança no fim da tarde, ao som de músicas gaúchas e vestidos a caráter da cultura do Rio Grande do Sul.

Todas as atividades desenvolvidas durante o IX Congresso Internacional Roa Bastos trouxeram para o IFC São Bento do Sul, de um modo geral, uma nova perspectiva e maior proximidade com a cultura Latino-americana, brilhantemente representada na obra e na trajetória de Augusto Roa Bastos. O Campus SBS agradece e parabeniza o empenho de todos que fizeram parte deste Congresso, com o desejo de que este seja o primeiro de muitos que virão, com a mesma alegria, entusiamo e beleza que se viu nestes dias.

Texto e imagens: Cecom/São Bento do Sul.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na quinta-feira, 5 de outubro de 2017, às 17:45 pela Coordenação-Geral de Comunicação (Cecom).

Últimas notícias: