Mostra traz projeto criativo com uso de materiais reciclA?veis

O que dA? para fazer com a parte dianteira de uma bicicleta, um banco quebrado, uma roda de Honda Biz, 12 metros de tubo de ferro? No Instituto Federal Catarinense – CampusA�Blumenau, dA? para fazer um projeto criativo e divertido. Foi com a reutilizaA�A?o desses materiais, dentre outros itens, que os alunos do segundo ano do curso tA�cnico em EletromecA?nica integrado ao ensino mA�dio desenvolveram oA�Drift TrikeA�a�� uma mistura de carrinho de rolimA? com triciclo.

O projeto A� um dos 88 trabalhos apresentados durante a III Mostra de Ensino, Pesquisa, ExtensA?o e Cidadania (Mepec), que ocorreu nos dias 19 e 20 de setembro noA�campus. O trabalho faz parte da disciplina Projeto Integrador, que tem a funA�A?o de unir todos os conhecimentos tA�cnicos jA? ministrados e aplicA?-los A� prA?tica. Para desenvolver oA�Drift Trike,A�o grupo usou conhecimentos adquiridos nas disciplinas de Processo de fabricaA�A?o, Elementos de mA?quina, ResistA?ncia de materiais e EletrotA�cnica. Eles foram orientados pelos professor Tiago VinA�cius Herzmann.

Os alunos Roberth, Jorge, LetA�cia, Marco e Mariana contam que desde o desenvolvimento do projeto escrito atA� a montagem na prA?tica do carrinho foram cerca de seis meses. A equipe apontaA� duas principais diferenA�as entre o carrinho deles e um produzido em fA?brica: a�?Diferente de umA�Drift TrikeA�comum, nA?s usamos um motor de moto. AlA�m disso, usamos rodas que cabem tanto para o asfalto quanto para chA?o de brita e barro, diferente da maioria dosA�Drift Trike,A�que sA?o feitos apenas para asfaltoa�?, explicou Jorge.

booking reports, buy dapoxetine online. Confira o que eles usaram para construir oA�Drift Trike:

1 banco, 1 eixo traseiro, 3 mancal, 12 metros de tubo de ferro, motorA�SundownA�100 cilindradas, 2 rodasA�kart cross, 1 roda dianteira de uma moto Biz, parte dianteira de bicicleta.

Texto e imagens: Cecom/Blumenau.

Deixe uma resposta