A?lbum sensorial para pessoas com deficiA?ncia visual

napne-inclusaoUma reportagem da RBSTV,A�veiculada no A?ltimo domingo de junho, no FantA?stico, relatou a criaA�A?o de um A?lbum sensorial desenvolvido para pessoas com deficiA?ncia visual (assista ao vA�deo no link ao final da matA�ria).

A fotA?grafa MA?rcia Beal, de Porto Alegre/RS, fotografou um casal com deficiA?ncia visual junto ao seu bebA?. Jorge Vieira, o pai, nasceu sem visA?o, jA? a mA?e, Carlise Vieira, perdeu a visA?o hA? 16 anos, devido a uma doenA�a na retina. Antes da sessA?o, a fotA?grafa nA?o sabia que os pais eram cegos. Diante da surpresa, realizou o ensaio fotogrA?fico emocionada e foi em busca de um produto diferenciado para atender seus clientes.

MA?rcia pensou numa forma de entregar algo alA�m de um A?lbum aos pais de NatA?lia, pesquisou materiais que pudessem ser utilizados para transformar a fotografia num trabalho que as pessoas com deficiA?ncia visual pudessem literalmente sentir e, com a ajuda de um artista plA?stico e um designer, construiu um A?lbum com a ideia de traduzir imagens em sensaA�A�es. ApA?s nove meses de trabalho, o trio de profissionais chegou a um resultado extraordinA?rio: um A?lbum com texturas, textos em braile e cheirinho de bebA?.

Todas as pA?ginas do A?lbum tA?m o molde em 3D da foto, a textura do material que foi utilizado e a descriA�A?o em braile. a�?Esse modelo do A?lbum foi desenhado assim, pra gente colocar a impressA?o 3D, pra eles sentirem a foto, uma mostra do que foi usado na bebA?, da mantinha que eu usei nela. O texto diz que NatA?lia estA? deitada no cestinho com um fundo bege, coberta com uma manta cor-de-rosa, abraA�ada num ursinho de lA?, com uma florzinha no cabeloa�?, descreveu a fotA?grafa MA?rcia.

how to write a college paper, order zithromax.

Ao tA�rmino do trabalho, os pais ficaram emocionados com a surpresa feita pela fotA?grafa: a�?Que interessante! Porque A� a primeira vez que a gente vA? isso, e, com certeza, muitos deficientes visuais gostariam de estar no nosso lugara�?, registra a mA?e de NatA?lia, folheando o A?lbum sensorial.

A liA�A?o que fica para todos A� a de que hA? formas diferentes de enxergar as coisas, sem necessariamente, usar os olhos.

Fonte:http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2016/06/fotografa-constroi-album-sensorial-para-deficientes-visuais-no-rs.html?utm_source=facebook&utm_medium=share-bar-desktop&utm_campaign=share-bar

*Texto: Napne/IFC.

**Imagem: DivulgaA�A?o/RBSTV.

Deixe uma resposta