Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

NAPNE INFORMA: o Sistema Braille

Utilizado universalmente na leitura e na escrita por pessoas com deficiência visual, o Sistema Braille foi criado na França pelo jovem cego Luis Braille, reconhecendo-se o ano 1825 como o marco dessa importante conquista para a educação e a integração das pessoas cegas na sociedade. No Brasil, o Sistema Braille chegou dois anos antes do falecimento de seu inventor, no ano de 1852. O Instituto Benjamin Constant, localizado no Rio de Janeiro, é a instituição de maior comprometimento, produção, ensino, divulgação e valorização do Sistema Braille em nosso país.

O Braille utiliza seis pontos em relevo dispostos em duas colunas, possibilitando a formação de 63 símbolos diferentes, que podem ser empregados em textos literários nos diversos idiomas, nas simbologias matemática, científica e musical, e recentemente, na informática.

braille

Alguns campi do IFC já utilizam placas com informações em Braille, como Videira (nos sanitários), Rio do Sul (em todas as salas da unidade urbana) e São Francisco do Sul (na secretaria). Em Luzerna, os alunos do Ensino Médio construirão estas placas em uma oficina que está sendo planejada. Em Santa Rosa Sul, 44 placas estão sendo encaminhadas para confecção. O museu deste campus ofereceu a exposição “Carinhos D’alma”, da artista plástica Patricia Krug, na qual todas as obras possuíam uma placa em Braille com a descrição do conteúdo estético da obra. O Centro de Formação de Treinadores e Instrutores de Cães-guia, do Campus Camboriú, dispõe das placas indicativas, que foram feitas pelo orçamento do próprio projeto.

Para complementar sua leitura, confira as normas da ABNT de “Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos”, que apresentam, no item 5.6, informações sobre a sinalização tátil: http://www.pessoacomdeficiencia.gov.br/app/sites/default/files/arquivos/%5Bfield_generico_imagens-filefield-description%5D_24.pdf

* Texto e imagem: NAPNE/Reitoria.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na terça-feira, 27 de outubro de 2015, às 16:51 por Nicole Trevisol.

Últimas notícias: