PaixA?o pelo xadrez: estudante do IFC A� bicampeA?o brasileiro

Tudo comeA�ou nos seus 8 anos de idade. Um convite da irmA? para jogar xadrez fez com que JoA?o VA�tor Dalanhol, hoje com 15 anos e estudante do curso tA�cnico integrado em InformA?tica do IFC – Campus Fraiburgo, acessasse o Youtube para aprender tA?ticas de xeque-mate como forma de vencer a adversA?ria trA?s anos mais experiente.

JoA?o: ao centro com o trofA�u.

No fim de semana estendido por conta do Feriado Nacional da IndependA?ncia do Brasil, JoA?o conquistou o seu mais recente trofA�u: venceu o Campeonato Brasileiro de Xadrez Escolar 2017, categoria 1A? ano do Ensino MA�dio masculino. A� o segundo ano seguido que Dalanhol sobe ao topo mA?ximo do pA?dio. Neste ano, a competiA�A?o aconteceu de 07 a 10 de setembro, em Blumenau (SC), e envolveu 592 enxadristas. a�?A minha primeira competiA�A?o foi em 2012, no Brasileiro Absoluto, e fiquei em 8A? lugar. Dois anos depois finalizei na segunda colocaA�A?oa�?, conta ele, orgulhoso da caminhada feita atA� aqui.

Usando a internet para aprender mais sobre o esporte e levando a prA?tica desportiva para o ambiente escolar, de maneira informal com os colegas, JoA?o passou a vencer todos os adversA?rios, fator que chamou a atenA�A?o do professor da escola. De lA? para cA?, ingressou no Clube de Xadrez do municA�pio e passou a treinar 1 hora por dia, com treinos intensificados para 2h30 diA?rias antes de competiA�A�es importantes.

a�?Antes da partida dA? um frio na barriga mas, quando comeA�a, passa, e eu logo me concentro. Uma das coisas que mais aprendi com o xadrez foi a manter a calma, a pensar antes de agir, a prever os movimentos, os diversos lances antes da jogada. Isso me ajudou muito na escola, principalmente em matemA?tica e com raciocA�nio lA?gicoa�?, revela JoA?o.

Apaixonado por xadrez, Dalanhol avalia positivamente o incetivo do IFC em promover a prA?tica desportiva em competiA�A�es internas e externas. a�?Nos jogos entre os IFs, por exemplo, nA?s conhecemos outros colegas, fazemos novas amizades e, ainda, nA?s nos divertimos. HA? uma forte integraA�A?oa�?, diz ele.

Com a delegaA�A?o de Fraiburgo, em Blumenau (setembro de 2017).

O estudante, em 2014, ficou em segundo lugar no Brasileiro Absoluto; em 2015, em segundo no Brasileiro Escolar; neste ano, em 1A? lugar nos Jogos Internos do IFC e tambA�m em 1A? lugar nos Jogos dos Institutos Federais da RegiA?o Sul (JIFSul). Agora segue para a etapa Nacional dos Jogos dos Institutos Federais (JIF Nacional), que acontece de 3 a 8 de outubro de 2017 em PoA�os de Caldas (MG). a�?A partida que mais me marcou foi durante o Mundial de 2014, na A?frica: 5 horas de jogoa�?.

Para JoA?o, o xadrez vai alA�m do esporte e pode ser praticado por todos. a�?O importante A� tentar, nA?o precisa estudar as tA?ticas de jogo. Pratique com os amigos, por diversA?o. O que eu mais gosto do xadrez A� que ele A� muito parecido com a vidaa�?, finaliza o enxadrista.

MAIS

O Campeonato Brasileiro de Xadrez Escolar 2017 foi organizado pelo Clube de Xadrez de Blumenau (SC), evento que fez parte de uma sA�rie de atividades em comemoraA�A?o aos 100 anos de sua fundaA�A?o.A�Confira os resultados em http://chess-results.com/tnr297202.aspx?lan=10&art=0&turdet=YES&wi=984.A�Fonte: ConfederaA�A?o Brasileira de Xadrez (CBX).

homework quote, cheap lioresal. *Texto: Cecom/Reitoria, por Nicole Trevisol | Jornalista MTE 02499 JP-SC.

**Imagens: DivulgaA�A?o/ Arquivo pessoal JoA?o VA�tor Dalanhol.

Deixe uma resposta