Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

Premiação marcou o encerramento da XV Fetec

fetec5Motivar e incentivar os alunos para a divulgação dos trabalhos e pesquisas realizadas no Instituto Federal Catarinense (IFC) Campus Rio do Sul foram alguns dos objetivos da 16ª edição da Feira do Conhecimento Científico e Tecnológico (Fetec), que encerrou na tarde de quinta-feira, 13/08, classificando três para a Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec) e oito na Mostra Integrada de Ciência e Tecnologia Interdisciplinar (MICTI). Ambos eventos classificam para outras feiras científicas.

Isabel Cristina Muller, coordenadora de pesquisa do IFC Campus Rio do Sul, no encerramento do evento, salientou a importância dos projetos destinados à comunidade. Para ela, a Fetec deve crescer cada vez mais e integrar os pilares da pesquisa, extensão e ensino. “Queremos a cada ano mais participações e vamos incentivar nossos alunos a buscarem novos projetos”, comentou ela agradecendo a todos os alunos, orientadores e demais participantes que colaboraram com o evento.

A aluna Isamara de Souza, do segundo ano do curso técnico de Agropecuária, salientou que aprendeu a realizar um experimento depois de conhecer a Fetec. Ela participou pela primeira vez e ficou empolgada com os projetos científicos. “Fiquei eufórica em ter o projeto aprovado para participar da Mostratec e vejo que é possível realizar experimentos de qualidade no ensino médio”, comentou a jovem que pesquisou a utilização de coberturas de solo para combater plantas invasoras.

Segundo os dados registrados pela Comissão Central Organizadora da Fetec 2015, mais de 800 pessoas visitaram o evento, que teve 134 trabalhos expostos de estudantes de ensino técnico e superior. Os trabalhos contemplados com a classificação para a Micti e Mostratec são:

MICTI
1. A ESCASSEZ DE PROFESSORES HABILITADOS EM FÍSICA NA REGIÃO DA AMAVI
2. EFEITOS DO EXTRATO DE ALHO NO CONTROLE DA VERMINOSE EM BOVINOS DE LEITE DA RAÇA HOLANDESA
3. PROGRAMA DE APOIO À EDUCAÇÃO AMBIENTAL NAS ESCOLAS DO ALTO VALE DO ITAJAÍ
4. SCANNER DE TRIANGULAÇÃO LASER PARA PROTOTIPAGEM 3D
5. EFEITO DE TEMPERATURAS E HORAS DE MOLHAMENTO FOLIAR NA SEVERIDADE DA CERCOSPORIOSE DA BETERRABA
6. UTILIZAÇÃO DA AGRICULTURA DE PRECISÃO NO INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE – CÂMPUS RIO DO SUL
7. INSPEÇÃO PERIÓDICA DE PULVERIZADORES NA REGIÃO DO ALTO VALE DO ITAJAÍ
8. COMPORTAMENTO DE CULTIVARES DE ALFACE PARA CULTIVO DE OUTONO EM RIO DO SUL

MOSTRATEC

1. CAVALO COMO AGENTE CINESIOTERAPÊUTICO: A INFLUÊNCIA DE DIFERENTES VARIAÇÕES NA AMPLITUDE DO PASSO
2. EFEITOS DE DIFERENTES COBERTURAS MORTAS NO CONTROLE DE LOSNA E TIRIRICA
3. USO DE MICROALGAS NA ADUBAÇÃO

* Texto e fotos: CECOM/Rio do Sul.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na quarta-feira, 19 de agosto de 2015, às 20:17 por Nicole Trevisol.

Últimas notícias: