Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

Prodocência debate formação de professores e a escola pública

prodocencia2“A formação de professores e a articulação com a escola pública” abriu os debates do III Seminário do Prodocência (Programa de Consolidação das Licenciaturas), realizado nos dias 23 a 25 de março, no Instituto Federal Catarinense Câmpus Camboriú. Com a participação de professores de todos os câmpus do IFC, o Prodocência discutiu a relação entre a teoria e a prática com o viés do fortalecimento da educação pública e do ensino das licenciaturas.

Durante a abertura, o diretor-geral do câmpus Camboriú, Rogério Luís Kerber, destacou a qualidade ofertada no ensino da instituição e a relação com os momentos de formação contínua dos professores, como ocorre no Seminário. O reitor substituto, Neri Golinski, em discurso, também relatou o orgulho do trabalho realizado pelo IFC em prol das licenciaturas.

De acordo com uma das coordenadoras institucionais do Prodocência, Solange Zotti, o Programa iniciou em 2014 e está previsto para terminar em fevereiro de 2016. “Queremos fortalecer as licenciaturas e, consequentemente, melhorar a formação dos alunos da educação básica”, destacou Solange.

A proposta final do Programa, segundo Solange, é a publicação de um livro sobre as experiências e reflexões vivenciadas pelos docentes e acadêmicos dos cursos de licenciatura do Instituto. “Esse vai ser o nosso desafio. A obra, com certeza, vai trazer uma contribuição muito grande não só para o IFC, mas para todas as escolas públicas”, afirmou a coordenadora.

A quarta edição do Seminário do Prodocência já está em fase de organização e está prevista para acontecer em novembro, no câmpus Rio do Sul.

Sobre o Programa:

O Programa de Consolidação das Licenciaturas (Prodocência) é uma ação da Capes cuja finalidade é o fomento à inovação e à elevação da qualidade dos cursos de formação para o magistério da Educação Básica, na perspectiva de valorização da carreira docente.

No âmbito deste Programa, atualmente o IFC tem o Projeto “Tempos e Espaços de Formação docente e inovação pedagógica”, que visa refletir e repensar as concepções e a organização dos cursos de licenciatura do IFC.

A proposta objetiva constituir tempos e espaços de encontros pedagógicos com a finalidade de promover a formação contínua dos professores formadores e contribuir com a melhoria do processo de formação de professores da educação básica.

Saiba mais aqui.

* Texto e foto: CECOM/Camboriú.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na quarta-feira, 8 de abril de 2015, às 18:28 por Nicole Trevisol.

Últimas notícias: