Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

Professores podem se inscrever até 19 de novembro para capacitação na Finlândia

setec1Professores de unidades da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica têm até 19 de novembro para fazer a inscrição no programa Professores para o Futuro. Regulamentado pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o programa estimula a estruturação de projetos de desenvolvimento socioeconômico por meio de intercâmbio de professores da rede em universidades da área de ciências aplicadas na Finlândia. O processo integra a Chamada Pública nº 41/2014.

Os professores selecionados nesta nova chamada vão fazer a capacitação nas universidades de ciências aplicadas Hamk, Haaga-Helia e Tamk. As propostas, com duração máxima prevista de 12 meses para execução, estarão relacionadas a áreas estratégicas do governo federal em ciência, tecnologia e inovação, com investimento global de R$ 2 milhões.

Atualmente, 27 professores selecionados na primeira etapa do programa realizam intercâmbio de capacitação naquele país do norte europeu.  É o caso da professora Carolina Corado, da área de ciências biológicas do câmpus João Câmara do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN). “Tenho olhado atentamente para a questão pedagógica de uma forma muito mais integrada e aplicada ao cotidiano do estudante”, afirmou Carolina. “Aqui, os estudantes são estimulados a se envolver nas atividades não apenas como uma tarefa a ser concluída, mas como um processo de exploração e descoberta.”

O professor José Pinheiro, do Instituto Federal do Amazonas, câmpus Manaus, Distrito Industrial, pretende aplicar metodologias adaptáveis à realidade do Brasil para a melhoria do ensino. “Particularmente, pretendo levar ao campus um projeto que integra alunos e empresas em busca de soluções tecnológicas e inovações”, disse. “Outro projeto integra a incubadora ao ensino, bem diferente do que fazemos hoje no Brasil.”

Financiamento — Os projetos selecionados terão bolsa de desenvolvimento tecnológico e inovação no exterior júnior. Será destinada apenas uma bolsa por projeto pelo período de cinco meses. Todas as propostas aprovadas receberão recursos de 9,6 mil euros [R$ 29,8 mil] para despesas com taxas escolares. Outras despesas serão de responsabilidade do autor ou da instituição de execução do projeto, como contrapartida.

Todas as propostas devem ser enviadas ao CNPq<http://www.cnpq.br/web/guest/chamadas-publicas?p_p_id=resultadosportlet_WAR_resultadoscnpqportlet_INSTANCE_0ZaM&p_p_lifecycle=0&p_p_state=normal&p_p_mode=view&p_p_col_id=column-4&p_p_col_pos=1&p_p_col_count=3&filtro=abertas&detalha=chamadaDivulgada&desc=chamadas&idDivulgacao=5402> via internet. Os autores devem preencher o formulário de propostas disponível na plataforma Carlos Chagas<http://carloschagas.cnpq.br/>.

Os interessados em participar da Chamada Pública nº 41/2014<http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=16481&Itemid=> podem tirar dúvidas e pedir esclarecimentos no endereço eletrônico nepi@mec.gov.br

* Texto e foto: Assessoria de Imprensa da Setec.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na terça-feira, 11 de novembro de 2014, às 13:51 por Nicole Trevisol.

Últimas notícias: