Reitora visita o Campus Luzerna e dialoga com servidores e alunos

A�Eleita por meio de eleiA�A�es entre toda a comunidade acadA?mica do Instituto Federal Catarinense (IFC) em 2015, a professora SA?nia Regina Fernandes, nova reitora da instituiA�A?o, foi empossada em janeiro deste ano. No dia 31 de marA�o, juntamente a prA?-reitores e demais membros de sua equipe, SA?nia esteve no Campus Luzerna para estreitar laA�os com servidores e alunos, ouvindo anseios e expectativas.

Em entrevista para a imprensa local e em um bate-papo com docentes, tA�cnicos-administrativos e representantes dos estudantes, SA?nia falou sobre os trabalhos que estA?o sendo feitos, desde que assumiu a reitoria, e respondeu questionamentos acerca de assuntos diversos.

Um dos pontos mais abordados nas conversas foi a questA?o orA�amentA?ria e os investimentos em infraestrutura. A reitora afirmou que, quando iniciado o ano, foi feito um levantamento de prioridades para os recursos previstos e extraorA�amentA?rios em toda a instituiA�A?o, que inclui 15 campi no estado. No caso de Luzerna, a construA�A?o de um auditA?rio teve de ser adiada em funA�A?o de contingenciamento, uma vez que o valor inicialmente previsto de R$ 2.400.000,00 passou para cerca de R$ 3.500.000,00. a�?Tivemos de fazer um reestudo para um investimento de outra natureza no A?mbito do campusa�?, disse a reitora.

De acordo com o diretor-geral Eduardo Butzen, estA? prevista, neste momento, a construA�A?o da guarita, que encerra o projeto de cercamento da unidade a�� importante para a seguranA�a do patrimA?nio pA?blico e de todos aqueles que o utilizam. a�?Para o segundo semestre, existe a possibilidade de nA?s buscarmos recursos para um ginA?sio de esportes. Dependemos do projeto civil que jA? estava pronto, mas que precisarA? ser readequado em razA?o da topografia que temos aquia�?, destacou o diretor.

GestA?o a�� A professora SA?nia apresentou os membros da nova gestA?o e ressaltou a importA?ncia das equipes locais. a�?A gestA?o de um campus constitui a gestA?o do IFC. Todos, independentemente de ser Reitoria ou campus, precisam estar atentos A�quilo que a ConstituiA�A?o traz em termos de administraA�A?o pA?blica, bem como a Lei de Diretrizes e Bases (LDB), por sermos uma instituiA�A?o educativaa�?, falou.

a�?A razA?o de ser da instituiA�A?o sA?o os alunos. NA?s, servidores, estamos aqui para darmos o suporte A�quilo que a Lei fala em relaA�A?o a uma educaA�A?o pA?blica de qualidade social. Desse modo, peA�o A�s equipes dos campi que esses princA�pios sejam vivenciados a�� a questA?o da transparA?ncia, da publicidade, da impessoalidade e da gestA?o democrA?tica e participativa. PorA�m, lembrando que a democracia nA?o quer dizer ausA?ncia de regras.a�?.

Para o diretor-geral, a visita da equipe foi vA?lida no sentido de constatar que, a�?dentre as prioridades existentes no IFC, o Campus Luzerna precisa de um olhar diferenciado da Reitoria, atA� que as carA?ncias de infraestrutura sejam sanadas.a�? Segundo Butzen, a�?nA?o existe maneira melhor de constatar isto do que uma visita ao campus. E, ainda, mesmo com as dificuldades do nosso dia a dia, as atividades estA?o acontecendo, e nossa comunidade estA? sendo amplamente atendida, com cerca de 700 alunos matriculados.a�?

Texto e imagens: CECOM/Luzerna.

Deixe uma resposta