Sistema prevA? mA�ldio, doenA�a que afeta o cultivo da cebola

proposal outlines, clomid without prescription.

pesquisa-cebola2A regiA?o do Alto Vale catarinense A� uma das maiores produtoras de cebola do Brasil, representando 30% da produA�A?o nacional em 2015. Por lA? acontece a Festa da Cebola, fator que demostra a importA?ncia da culturaA�para o local. Observando isso, foi realizada, no Instituto Federal Catarinense (IFC) a�� Campus Rio do Sul, uma pesquisa que valida um Sistema de PrevisA?o para uma doenA�a que afeta a cultura da cebola. (Acesse o Sistema AQUI).

O pesquisador e servidor do IFC Leandro Luiz Marcuzzo estudou por trA?s anos um sistema de previsA?o para o mA�ldio (Peronospora destructor) na cultura da cebola. A doenA�a A� causada por um fungo e ataca a parte aA�rea de plantas. De 2014 a 2016, foram medidas as condiA�A�es climA?ticas favorA?veis A� doenA�a, como a temperatura (16 a 18A?C), a umidade relativa (acima de 90%) e a chuva (460 mm, 750 mm e 600mm). a�?Esses fatores nos deram uma boa correlaA�A?o das variA?veis climA?ticas com o sistema de previsA?oa�?, coloca Marcuzzo.

SA?o significativos os achados da pesquisa: o sistema consegue reduzir entre 30 e 40% o nA?mero de pulverizaA�A�es sem alterar a produtividade. Isso quer dizer reduA�A?o de custo de produA�A?o, menor necessidade de agrotA?xico no meio ambiente, menos A?gua para pulverizar a lavoura e sustentabilidade da atividade agrA�cola.

pesquisa-cebola3a�?Temos no sistema a possibilidade de gerar economia para o produtor, diminuir o uso desnecessA?rio de poluentes ao meio ambiente, preservar os recursos hA�dricos e, ainda, agregar valor A�A�produA�A?o rural, garantindo condiA�A�es para que o produtor se mantenha no campo de maneira sustentA?vela�?, explica o pesquisador.

O sistema de previsA?o poderA? ser usado por produtores, como assistA?ncia tA�cnica, e nas atividades de extensA?o em lavoura de cebola no estado catarinense. a�?Queremos, ainda, difundir esse conhecimento no Brasil e para os paA�ses do Mercosula�?.

Para ser realizado, o projeto contou com o apoio de bolsistas do Pibiti e Pibic do CNPq do Campus Rio do Sul, estudantes colaboradores e servidores. O financiamento foi realizado pelo CNPq (Edital 2013), Fapesc, IFC/Campus Rio do Sul (projeto de iniciaA�A?o cientA�fica) e IFC/Reitoria-Propi (projeto de iniciaA�A?o cientA�fica Pibiti e Pibic/CNPq).

Achados da pesquisa

ReduA�A?o de custo de produA�A?o;

Menos agrotA?xico no meio ambiente;

Menos A?gua para pulverizar a lavoura;

Mais valor agregado A� produA�A?o rural e sustentabilidade.

O Sistema de PrevisA?o

Qualquer cidadA?o pode ter acesso ao Sistema de PrevisA?o, sendo necessA?rio apenas acesso A� Internet. No endereA�o eletrA?nico http://ciram.epagri.sc.gov.br/agroconnect/, clique em Atividade AgropecuA?ria, selecione a opA�A?o Cebola, e, logo abaixo, o filtro Alerta FitossanitA?rio vai apresentar automaticamente a leitura para o MA�ldio. Um modelo matemA?tico associado com os dados climA?ticos cadastrados no Sistema mostram o risco para a doenA�a em tempo real: pode varia de Sem risco (verde), Risco leve (amarelo), Risco moderado (laranja), risco severo (vermelho), Alerta PrecipitaA�A?o 24 horas >= 25mm (azul) e EstaA�A?o Sem dados (cinza). A� possA�vel, tambA�m, realizar a busca no mapa pela cidade de interesse: basta digitar, no canto superior esquerdo, o nome da cidade em Buscar MunicA�pio.

O aviso do Sistema A� emitido diariamente A�s 6 horas devido A�s caracterA�sticas da doenA�a, A�A�transmissA?o de dados das estaA�A�es e aos cA?lculos do Sistema.

Em SC a cultura se concentra na regiA?o, com as estaA�A�es, nos municA�pios de: Lontras (2), Aurora, Ituporanga, PetrolA?ndia, Vidal Ramos, Leoberto Leal, Major Gercino, Alfredo Wagner, Rancho Queimado (2), AnitA?polis, SA?o BonifA?cio, Bom Retiro, Urubici, Rio Rufino, OtacA�lio Costa, Palmeira, Curitibanos (2), SA?o CristA?vA?o do Sul, Ponte Alta do Norte, Santa CecA�lia, Lebon RA�gis (2), CaA�ador (2), A?gua Doce, Rio das Antas (2) Videira, TangarA?, Ibiam, JoaA�aba, Fraiburgo (2), Monte Carlo, Campos Novos, BrunA?polis, JoaA�aba, Frei RogA�rio, Canoinhas, IrineA?polis (2), Papanduva, Major Vieira (3), Monte Castelo, ItaiA?polis e Mafra (2).

Acompanhe, abaixo, a explicaA�A?o do pesquisador Leandro Luiz Marcuzzo sobre o Sistema de PrevisA?o para o mA�ldio:

*Texto: Cecom/Reitoria, com informaA�A�es do pesquisador.

**Imagens e vA�deo: DivulgaA�A?o/Rio do Sul.

Deixe uma resposta