XII Micti, V IFCultura e I Epromundo: abertas as inscrições de trabalhos

O período de inscrições para a XII edição da Mostra Nacional de Iniciação Científica e Tecnológica Interdisciplinar (Micti) e para o V IFCultura começou no último dia 5 de agosto. Os eventos serão realizados nos dias 13 e 14 de novembro, em Brusque – com atividades no campus do IFC na cidade e no Pavilhão de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof.

A Micti é um evento científico multidisciplinar que tem como objetivo divulgar, à comunidade interna e externa, os resultados de projetos de Ensino, Extensão, Pesquisa e Inovação desenvolvidos no IFC. Já o IFCultura é um evento cultural exclusivo para estudantes regularmente matriculados no IFC, que visa incentivar a cultura, o crescimento profissional, científico e tecnológico nas diversas modalidades e linguagens artísticas, com reflexão sobre humanidade e educação, bem como enriquecer os espaços educacionais.

Neste ano, a programação traz ainda dois eventos concomitantes. O I Epromundo, também com inscrições abertas, é voltado para a difusão da cultura da inovação e empreendedorismo e para a apresentação à comunidade de cursos, soluções e tecnologias desenvolvidas no IFC.  O outro novo evento, I IFC.Ação, visa promover e realizar ações socioambientais que atendam as demandas da comunidade local e fortaleçam a formação cidadã dos estudantes do Instituto. As atividades serão desenvolvidas por estudantes e servidores participantes do evento em conjunto com comunidade.

Confira abaixo os prazos e como se inscrever em cada um dos eventos:

Inscrições para a Micti

Podem participar da Micti estudantes do IFC e também de outras instituições, sob a orientação de um servidor. A mostra oferece 263 vagas para apresentações orais de resultados de projetos nas seguintes categorias:

  • Projetos de Ensino: caracterizados pelo conjunto de ações de ensino e aprendizagem, de trabalho educativo e/ou de intervenção, de atualização ou retomada de conteúdos, de dinamização dos componentes curriculares, bem como de prática profissional, voltados aos discentes dos cursos regulares, por meio do desenvolvimento de atividades extracurriculares ou complementares, sob orientação de docente ou técnico administrativo;
  • Projetos de Pesquisa e Inovação: entendidos como atividades indissociáveis do Ensino e da Extensão, visam à produção científica e tecnológica e à formação de pessoas, em todos os níveis e modalidades de ensino oferecidos, para a investigação e a geração de conhecimentos, cujas conquistas devem ser estendidas à comunidade acadêmica e à sociedade em geral;
  • Projetos de Extensão: ações da instituição junto à comunidade que possibilitam o compartilhamento, com o público externo, do conhecimento adquirido por meio do ensino e da pesquisa. Nesta categoria, pressupõe-se que a articulação do conhecimento científico advindo do ensino e da pesquisa com as necessidades da comunidade, na qual a instituição se insere, deve ser fator importante para transformar a realidade social. Uma ação de Extensão envolve de forma ativa os seguintes atores: servidor, discente e comunidade externa.
  • Programas institucionais: são aqueles que integram as atividades de Ensino, Pesquisa e/ou Extensão relacionadas ao PET (Programa de Educação Tutorial), ao Pibid (Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência) e ao RP (Programa de Residência Pedagógica).

As vagas são distribuídas de acordo com o quadro a seguir:

As inscrições de trabalhos vão ser realizadas somente pela internet, no site do evento. O período de inscrição para trabalhos de pesquisa dos programas Pibic, Pibic-AF, Pibic-EM e Pibiti, dos trabalhos de Ensino, Pesquisa e Extensão, indicados pelos campi do IFC, e dos trabalhos de programas institucionais (PET, Pibid e RP) está aberto até o dia 27 de setembro. Já as inscrições para trabalhos de Ensino, Pesquisa e Extensão na categoria ampla concorrência (comunidade interna e externa) serão realizadas até 27 de setembro.

Leia com atenção o Regulamento da Micti para saber mais detalhes sobre o cronograma de atividades, as áreas de conhecimento abordadas, o formato de apresentação dos trabalhos e outras informações importantes.

Inscrições para o IFCultura

O período de inscrições está aberto até o dia 30 de agosto. Podem participar somente estudantes regularmente matriculados do IFC; os interessados devem procurar o servidor responsável pelo procedimento de inscrição em seus campi.

O evento aceita trabalhos nas seguintes modalidades:

  • Dança
  • Música
  • Teatro
  • Artes Visuais (fotografia, pintura, escultura, desenho, gravura ou instalação, arte gráfica, happening)
  • Poesia

De acordo com o regulamento do IFCultura, não serão aceitas propostas de apresentação que incentivem a violência, a promiscuidade e o uso de drogas, que tenham cunho publicitário ou discriminatório, que configurem prática de proselitismo religioso ou que contrariem dispositivos legais estabelecidos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Os detalhes sobre o formato das apresentações, o cronograma de envio de originais e outras informações importantes estão disponíveis no regulamento.

Inscrições para o Epromundo

As inscrições serão realizadas até 27 de setembro, somente pela internet, no site da Micti. O evento conta com 65 vagas para apresentação de trabalhos em estandes, de acordo com o quadro abaixo:

Confira o regulamento da Micti para mais informações sobre o processo, tais como o formato aceito para os trabalhos e o cronograma de atividades.

Inscrições para o IFC.Ação

As inscrições para participação no IFC.Ação serão realizadas de 16 e outubro a 13 de novembro no site do evento. Serão 30 vagas – duas para cada campus do IFC – distribuídas entre os estudantes que tiverem trabalhos aprovados para Micti e/ou IFCultura e se inscreverem para participar. A seleção se dará por ordem cronológica das inscrições; as atividades do IFC.Ação serão disponibilizadas na página da MICTI. Confira o regulamento para mais informações.

Texto: Cecom/Reitoria/Thomás Müller
Arte: Cecom/Reitoria 

Publicados os regulamentos para XII Micti e V IFCultura

Nos dias 13 e 14 de novembro, o Instituto Federal Catarinense (IFC) realizará a XII Mostra Nacional de Iniciação Científica e Tecnológica Interdisciplinar (MICTI) e V IFCultura. Este ano, as atividades serão no IFC Campus Brusque e no Pavilhão de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof, em Brusque (SC).

Exclusivo a estudantes regularmente matriculados no IFC, o IFCultura visa incentivar a cultura, o crescimento profissional, científico e tecnológico nas diversas modalidades e linguagens artísticas, com reflexão sobre humanidade e educação, bem como a enriquecer os espaços educacionais.

Enquanto que a Micti é um evento científico de exposição multidisciplinar promovido com o propósito de divulgar, à comunidade interna e externa, os resultados de projetos de Ensino, Extensão, Pesquisa e Inovação, desenvolvidos no IFC. Nesta edição, a Micti traz novidades na programação com dois eventos concomitantes: Epromundo (Mostra de Inovação e Mostra dos Campi) e IFC.Ação.

Inscrições

Na próxima segunda, dia 5, iniciam-se as inscrições para apresentações culturais e artísticas do IFCultura e ainda para as submissões dos trabalhos de pesquisa (PIBIC, PIBIC-Af, PIBIC-EM e PIBITI); trabalhos de ensino, de pesquisa e de extensão indicados pelos campi do IFC e também para os trabalhos dos programas institucionais (PET, Pibid e RP). Os interessados devem ler os regulamentos disponíveis no site do evento e realizar as inscrições, para estas categorias, até 30 de agosto.

De acordo com o regulamento da Micti, as inscrições para trabalhos ampla concorrência de ensino, de pesquisa e de extensão (comunidade interna e externa) e para Epromundo serão aceitas de 9 a 27 de setembro. Já os participantes como ouvintes e para IFC.Ação devem se inscrever entre 16 de outubro e 13 de novembro.

Confira todas as informações aqui no site da XII Micti e V IFCultura.

Texto: Cecom/Reitoria/Rosiane Magalhães
Arte: Cecom/Reitoria/Poliana Souza

Equipe do IFC participou do Projeto Rondon em parceria com a Udesc

Estudantes Ana Merissa Damasceno e Emanuele de Oliveira, do curso de licenciatura em Química do IFC Brusque, e André Bezerra, de Engenharia Elétrica do IFC São Francisco do Sul, participaram das operações do projeto Rondon, coordenado pelo Núcleo Extensionista Rondon (NER) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). O projeto atendeu 12 municípios na região da Associação de Municípios do Oeste Catarinense, entre os dias 10 e 20 de julho, com atividades nas áreas de comunicação, cultura, direitos humanos e justiça, educação, meio ambiente, trabalho, saúde, tecnologia e produção.

Objetivo do projeto é promover a interação da comunidade acadêmica com a sociedade por meio da troca de conhecimentos, bem como contribuir com soluções sustentáveis para a inclusão social e a redução das desigualdades regionais e colaborar com o processo de desenvolvimento e fortalecimento da cidadania dos estudantes participantes. Este ano, a iniciativa é denominada “Operação Gilmar Gomes”, em homenagem ao professor da Udesc e entusiasta do NER falecido em fevereiro.

Estudantes do IFC foram acompanhados pelo professor Eddy Ervin Eltermann, do Campus Brusque. “Projeto Rondon é uma ótima possibilidade de colocar em prática os conhecimentos adquiridos em aula, bem como, de desafiar os estudantes para efetuarem oficinas sobre temas que talvez eles pouco acessem durante seu processo de formação. Coloca os alunos em situações de desafio e realiza uma troca com a comunidade”, destaca o professor que coordenou a equipe em Sul Brasil com Leila Maria Matos, servidora da Udesc.

Ana Merissa Damasceno e André Bezerra integraram a equipe em Nova Itaberaba. “A convivência é fantástica e as oficinas nos fazem refletir sobre nosso papel na sociedade. Se no próximo ano tiver oportunidade, com certeza estarei de volta, onde quer que seja a próxima operação”, revela Bezerra.

Emanuele de Oliveira atuou em Coronel Freitas. “O aprendizado no Rondon é fantástico, pois convivemos com estudantes de diferentes áreas do conhecimento e com diferentes histórias de vida em uma cidade onde não conhecíamos ninguém. É um desafio, mas é engrandecedor”, define a estudante.

Além do IFC, a parceria contou também com a participação da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) e Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc). Cerca de 150 rondonistas realizaram as atividades nos municípios de Águas Frias, Arvoredo, Caxambu do Sul, Chapecó, Cordilheira Alta, Coronel Freitas, Guatambu, Nova Itaberaba, Pinhalzinho, Planalto Alegre, São Carlos e Sul Brasil.

Texto: Cecom/Reitoria/Rosiane Magalhães
com informações e fotos do professor Eddy Ervin Eltermann

Definidas comissões eleitorais locais para Eleições 2019

Na Reitoria, comissão realizou a assembleia para escolha dos representantes dos TAE na sexta, dia 17.

Comissões eleitorais locais dos campi, campi avançados e Reitoria, para condução do Processo de Consulta 2019, foram nomeadas nesta terça-feira, dia 21, por meio da Resolução ad referendum nº 005 do Conselho Superior – Consuper. O documento pode ser consultado na página do Processo de Consulta 2019, no Portal do IFC.

Estas comissões são compostas por representantes dos professores, técnicos administrativos e estudantes. Os nomes foram definidos em assembleias organizadas nas respectivas unidades do IFC.

Em 2019 serão realizadas eleições para escolha dos cargos de reitor(a); de diretores(as)-gerais dos campi em Araquari, Blumenau, Brusque, Camboriú, Concórdia, Fraiburgo, Ibirama, Luzerna, Rio do Sul, Santa Rosa do Sul, São Bento do Sul, São Francisco do Sul e Videira; e também dos novos membros do Consuper.

Texto: Cecom/Reitoria/ Rosiane Magalhães
Imagem: Cecom/Reitoria/Carlos Pieri

IFC Campus Brusque implementará o Programa Agenda Ambiental na Administração Pública – A3P

O Instituto Federal Catarinense (IFC) – Campus Brusque firmou, junto ao Ministério do Meio Ambiente, Termo de Adesão com a finalidade de desenvolver projetos destinados à implementação do Programa Agenda Ambiental na Administração Pública – A3P.

A Agenda 3P é um programa do Ministério do Meio Ambiente que objetiva estimular os órgãos públicos do país a implementarem práticas de sustentabilidade. A adoção da A3P demonstra a preocupação do órgão em obter eficiência na atividade pública enquanto promove a preservação do meio ambiente. Ao seguir as diretrizes estabelecidas pela Agenda, o órgão público protege a natureza e, em consequência, consegue reduzir seus gastos.

Nesse sentido, o Plano de Gestão Socioambiental do IFC Campus Brusque tem como objetivo implantar uma agenda de práticas, ações e iniciativas de sustentabilidade ambiental nos diversos setores da instituição, de forma democrática e coletiva e de modo eficiente e contínuo.

Publicado do Diário Oficial da União, no dia 6 de fevereiro, o termo de adesão vigorará por 5 anos.

Texto: Núcleo de Gestão Ambiental (NGA) /Cecom Brusque
Foto: cecom/Reitoria

Ano letivo no IFC iniciou-se nesta semana

Na segunda-feira, dia 11, iniciou-se o ano letivo nos 15 campi do Instituto Federal Catarinense (IFC) para servidores e estudantes dos cursos técnicos, integrados e subsequentes ao ensino médio, e veteranos dos cursos superiores. Para os ingressantes nos cursos superiores, as aulas iniciarão no dia 25 de fevereiro.

Em nome da gestão do IFC, a reitora Sônia Regina de Souza Fernandes dá as boas-vindas aos estudantes e servidores. “Esperamos que 2019 seja um ano muito proveitoso no sentindo da apropriação do conhecimento. Que o Instituto Federal Catarinense represente um espaço onde caibam todos, no qual o conhecimento, a ciência, a cultura, o esporte e a formação integral, com que nós nos comprometemos enquanto missão de uma instituição pública, realmente aconteçam na direção de nos tornamos cada vez seres humanos melhores. Estaremos com toda força e energia garantindo, por meio das condições concretas de trabalho, esta formação tão necessária no contexto que estamos vivendo, para, dessa forma, fazer valer o que a Constituição Federal e a própria Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira (LDB) dizem a respeito da educação pública, quando atribuem ao Estado a responsabilidade pela educação. Assim, a gestão do IFC acolhe todos e trabalha para que se materialize o que afirma a Constituição, segundo a qual, a educação, independentemente do nível, é um direito de todos e dever do Estado”, destaca a reitora.

Em cada campus foram organizados momentos de recepção aos servidores e estudantes. Veja abaixo como foram alguns dos momentos com os estudantes nos campi de Araquari, Blumenau, Brusque e São Bento do Sul.

Texto: Cecom/Reitoria/Rosiane Magalhães
Fotos: Cecoms dos campi Araquari, Blumenau, Brusque e São Bento do Sul

IFC lança vídeos institucionais dos campi

A partir de agora, todos os 15 campi do Instituto Federal Catarinense (IFC) contam com um vídeo institucional próprio. A ação de comunicação foi definida pelas equipes de Comunicação da Reitoria e dos campi em consonância com os objetivos do Plano Bianual de Comunicação do IFC 2018/2019, que versam sobre o fortalecimento e a consolidação da identidade e imagem institucional.

Produzidos pela Foco Propaganda, agência de publicidade, os vídeos são compostos por imagens das regiões em que estão inseridos os campi e de estudantes e servidores da instituição. A seleção das cenas também busca retratar os espaços físicos e as vivências realizadas cotidianamente nas unidades do IFC. Os roteiros foram elaborados em conjunto pelas equipes da produtora e da Cecom Reitoria, mediante consulta realizada aos comunicadores nos campi.

“Os materiais audiovisuais em questão são uma importante forma de divulgação, pois tratam especificamente da realidade de cada campus, situando o público com relação à região onde a unidade está inserida; às estruturas e aos ambientes que a compõem; e à oferta do serviço à população em geral, a partir da apresentação da atividade fim do IFC, como um todo, qual seja, a educação pública e gratuita de qualidade, em diversos níveis e modalidades. O objetivo dessas produções resume-se, portanto, a proporcionar ao público o conhecimento tanto das singularidades de cada campus do IFC quanto dos aspectos que conferem identidade à instituição”, explica Rafaela Zorzetto de Camargo, coordenadora-geral de Comunicação (Cecom) no IFC.

Em apenas dois dias, a playlist com os vídeos, no canal do IFC no YouTube, atingiu 1.649 visualizações. Clique aqui para assistir.

Texto: Cecom/Reitoria / Rosiane Magalhães
Arte: Cecom/Reitoria / Poliana Souza

Membros da comissão eleitoral da CIS reuniram-se em Brusque

Membros da comissão eleitoral da Comissão Interna de Supervisão (CIS) iniciaram os trabalhos para escolha dos novos representantes dos técnicos administrativos em educação no IFC para comporem a CIS.

Reunião foi realizada no IFC Brusque, com a participação dos servidores Denise Danielli Pagno, Emerson Batista Saldanha, Fábio Lamartine Barbosa Toledo, Marcos Malfatti, Rodrigo Gonçalves, Rodrigo Rafael Sens e Vitor Schumacher, nos dias 11 e 12 de dezembro.

Como primeiras atividades foram tratadas a elaboração da minuta do edital, os modelos de formulários de inscrição e o calendário do processo eleitoral. Segundo os membros, o ambiente virtual deve ser priorizado durante o processo com uma perspectiva de economicidade e praticidade. Portanto, a via de votação prevista é pelo sistema SIG módulo eleições; inscrições e homologação dos candidatos e votantes por e-mails, além dos formulários também em ambiente virtual.

Nomeada pela Portaria 2850/2018, a comissão eleitoral possui prazo até 22 de fevereiro de 2019 para concluir os trabalhos. Entretanto, em virtude de férias dos membros de comissão e dos servidores votantes, será solicitada prorrogação de um mês para finalização e entrega dos trabalhos.

Sobre a CIS

CIS tem como finalidade acompanhar, orientar, fiscalizar e avaliar a implementação do Plano de Carreira no âmbito da respectiva Instituição e propor à Comissão Nacional de Supervisão (CNS) as alterações necessárias para seu aprimoramento.

CIS é composta por representantes eleitos entre os pares, sendo um representante por campus, com seus respectivos suplentes. O representante do campus e seus suplentes também compõem as Subcomissões da CIS (SubCIS) em cada campus, sendo coordenadas pelos representantes da Comissão Central. Todos os membros têm o mesmo mandato que o representante do campus, que é de 3 anos.

Texto: Cecom/Reitoria / Rosiane Magalhães

Estudantes e servidores do IFC Brusque receberam visita da gestão

Nesta segunda-feira, 18 de junho, foi a vez de estudantes e servidores do IFC Campus Brusque receberem a visita técnica dos gestores da instituição. Além da presença da reitora, Sônia Regina de Souza Fernandes, a visita contou com os pró-reitores José Luiz Ungericht Júnior (Desenvolvimento Institucional), Josefa Surek de Souza (Ensino) e Stefano Moraes Demarco (Administração), também com os diretores do campus, Hélio Maciel Gomes (diretor-geral pro tempore), Leonardo Felipe de Ávila Calbusch (Desenvolvimento e Ensino) e Fábio Lamartine Barbosa Toledo (Administração e Planejamento), e ainda com membros da equipe da Coordenação-Geral de Comunicação, Gabriela Meira Maia e Poliana Souza.

Para participação do maior número de pessoas, a atividade foi realizada em três momentos distintos: com estudantes do ensino médio técnico, com estudantes dos cursos superiores e outro momento com servidores.

Estudantes e servidores aproveitaram o momento para tirar dúvidas, principalmente, com relação à abertura de novos cursos, ao investimento na estrutura dos campi e à participação nos jogos regionais e nacionais.

Assim como nas visitas técnicas nos outros campi, a reitora reforçou a importância da política pública da criação da Rede Federal para a interiorização e expansão das vagas federais no país e, também em Santa Catarina, por meio dos Institutos Federais, possibilitando o acesso de várias famílias ao ensino público. “Nós escolhemos, enquanto estudantes e servidores estarmos no IFC. Ao fazermos esta escolha, devemos compreender e abraçar o projeto pedagógico institucional, principalmente no que diz respeito à nossa relação entre a instituição e a comunidade. Estar fortemente articulado à comunidade em seu entorno é uma das diretrizes da missão do IFC, sempre defendida pela atual gestão”, destacou Fernandes.

Objetivo das visitas é promover o diálogo entre gestores, demais servidores e comunidade acadêmica. Conforme cronograma, esse encontro será promovido em todos os campi até final do ano.

Texto: Cecom/Reitoria / Rosiane Magalhães
Fotos e arte: Cecom/Reitoria /Poliana Souza

 

Novos professores tomaram posse

Na sexta-feira, dia 8 de junho, o reitor substituto Fernando Garbuio e Luciane Hiebert, da Coordenação-Geral de Admissão, Movimentação, Saúde e Desenvolvimento de Pessoal, receberam, na Reitoria do IFC, os dois novos professores da instituição. Thiago Ângelo Gelaim tomou posse para cargo de professor EBTT de Informática: Programação Web e Dispositivos Móveis e atuará no IFC Campus Concórdia. Walmir Ruis Salinas Junior tomou posse como professor EBTT na área de Engenharia de Alimentos para IFC Campus Brusque.

Após a cerimônia de posse, Garbuio deu as boas vindas aos novos servidores e apresentou um panorama da instituição. “O IFC é uma instituição comprometida com a qualidade do ensino oferecido. Portanto, os professores têm apoio necessário para desenvolver suas atividades de ensino e também para atuar em projetos de pesquisa e extensão. Todas as boas ideias são valorizadas para melhorar o desempenho dos alunos e da instituição”, ressaltou.

Na ocasião, Hiebert orientou os professores sobre seus deveres e direitos enquanto servidores públicos federais.

Texto e fotos: Cecom/Reitoria / Rosiane Magalhães