IFC oferece 580 vagas em cursos técnicos gratuitos pra quem já fez o ensino médio

Até 11 de dezembro, serão aceitas as inscrições para o Processo de Seleção 2019 do Instituto Federal Catarinense (IFC). São oferecidas 580 vagas em cursos técnicos subsequentes (pra quem já terminou o ensino médio). Os interessados devem se inscrever pela internet, no Portal de Ingresso do IFC. Todos os cursos são totalmente gratuitos e isentos da taxa de inscrição.

Neste processo são oferecidos cursos de Administração, Agrimensura, Agropecuária, Automação Industrial, Cervejaria, Eletromecânica, Eletrônica, Eletrotécnica, Mecânica e Segurança do Trabalho. As vagas são distribuídas entre os campi do IFC em Araquari, Blumenau, Brusque, Camboriú, Fraiburgo, Luzerna, Rio do Sul, Santa Rosa do Sul, São Francisco do Sul e Videira.

A seleção será feita por meio de sorteio público programado para 4 de janeiro, às 10h, na Reitoria do IFC, em Blumenau. O procedimento será realizado para os cursos nos quais o número de inscritos seja maior do que o número de posições disponíveis. Caso o número de inscritos seja menor ou igual ao número de vagas, todos estarão automaticamente aprovados. A divulgação do resultado final está prevista para 18 de janeiro de 2019. As matrículas dos aprovados em primeira chamada serão de 21 a 24 de janeiro de 2019.

Conforme estabelecido em legislação, 50% das vagas são reservadas para o sistema de Ações Afirmativas (cotas). Alguns dos cursos também têm reserva para candidatos oriundos da agricultura familiar. Os detalhes sobre as ações afirmativas estão no Edital do Processo Seletivo.

Todas as informações sobre o andamento do Processo de Seleção são publicadas no Portal de Ingresso.


Serviço

Processo de Seleção IFC 2019
Vagas para cursos técnicos subsequentes
Inscrições: até 11 de dezembro de 2018
Seleção por sorteio público: dia 4 de janeiro, às 10h.
Taxa de inscrição: não há
Edital e demais informações no Portal de Ingresso

Texto e arte: Cecom/Reitoria IFC

 

Servidores do IFC participam da reunião do Codir em Camboriú

Membros do Colégio de Dirigentes (Codir), diretores de Administração e Planejamento (DAPs) e de Ensino (DDEs), juntamente a outros servidores convocados, participaram da reunião do Codir Ampliado, no IFC Camboriú, nos dias 29 e 30 de outubro.

O primeiro dia da reunião foi marcado pelas apresentações de dois convidados: Gustavo Moraes, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), e Marco Antônio Maciel Pereira, do Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM).

Gustavo explicou sobre a Plataforma Nilo Peçanha (PNP), construída colaborativamente entre servidores dos Institutos Federais. Atualmente lotado na Setec, Moraes coordena o projeto da plataforma. “A Plataforma Nilo Peçanha foi criada para retratar a realidade da Rede Federal. Os indicadores dos censos usados até então não contemplam as especificidades dos Institutos Federais, uma vez que eles abrangem desde a educação básica até as pós-graduações. Na ausência de um padrão, cada Instituto construía os indicadores de acordo com a própria percepção”, destacou.

Marco apresentou as novas funcionalidades da Matriz Conif, que é a metodologia utilizada para distribuição dos recursos destinados aos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia por parte da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec). “A matriz cruza os dados com PNP para gerar o orçamento do campus. Para 2019, criamos novas abas para facilitar a construção e visualização no momento de construir o orçamento”, esclareceu.

No segundo dia, servidores do IFC apresentaram trabalhos sobre Comissão Própria de Avaliação (CPA), Sistema de Bibliotecas, Farol IFC e Projeto Pedagógico Institucional (PPI), e situações dos códigos de vaga para novos servidores. Além disso, outros comunicados acerca das atividades desenvolvidas pela equipe da Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional (Prodin) foram enunciados na ocasião. Na sequência, os representantes de todos campi apresentaram seus planejamentos para abertura de novos cursos propostos para compor o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), que está em construção.

Codir

No dia 31, os membros do Codir permaneceram no IFC Camboriú para a 8ª reunião ordinária do Codir. Na pauta, foram discutidos a priorização institucional na abertura de cursos no IFC – PDI, o andamento dos trabalhos em relação à Portaria nº 2066/2018 e a solenidade de 10 anos do IFC. Além disso, foram explanados informes da Proen e comunicações da Reitoria.

Texto e fotos: Cecom/Reitoria / Rosiane Magalhães

Conselheiros participam de reunião extraordinária do Consuper

No dia 22 de agosto, os conselheiros membros do Conselho Superior (Consuper) do IFC – biênio 2017/2019, realizaram a 3ª reunião extraordinária, na Reitoria do IFC, em Blumenau.

A reunião foi convocada para discutir os seguintes processos:
– Processo nº 23348.006941/2017-88, referente à Resolução ad referendum nº 002-Consuper/2018, que dispõe sobre o Regimento Interno do Programa de Pós-Graduação em Educação – modalidade Acadêmico/Campus Camboriú;
– Processo nº 23348.001331/2013-64, referente à proposta de alteração do Regimento Interno do Consuper/IFC;
– Processo nº 23348.000302/2014-66, referente à proposta de alteração do Regimento Geral do Instituto Federal Catarinense.

Todas as reuniões do Consuper são transmitidas ao vivo pela Internet e, posteriormente, disponibilizadas na página do Conselho. Desta forma, permite-se que toda comunidade tenha acesso às discussões e decisões tomadas pelos conselheiros. Órgão máximo do IFC, o Consuper possui caráter consultivo e deliberativo.

Acesse aqui a página do Consuper e informe-se sobre o Conselho.

Texto e fotos: Cecom/Reitoria/ Rosiane Magalhães

Membros do Codir reuniram-se na Reitoria

O Colégio de Dirigentes (Codir) do Instituto Federal Catarinense (IFC), composto pela reitora Sônia Regina de Souza Fernandes, os pró-reitores e os diretores-gerais dos campi, realizou reunião ordinária nos dias 8 e 9 de agosto na Reitoria, em Blumenau.

A pauta do primeiro dia do encontro incluiu um relatório detalhado da Comissão Própria de Avaliação sobre o processo de Avaliação Institucional do IFC, a apresentação e discussão sobre o regimento interno do Codir e a apresentação do fluxo de procedimentos para criação dos cursos de pós-graduação lato sensu e stricto sensu, por parte da Propi.

O segundo dia da reunião tratou dos seguintes assuntos: obrigatoriedade de refeições diárias para os alunos, com participação da Procuradoria; recurso para diárias de servidores – Micti e IFCultura; Capacitação Presencial da Comissão Consultiva Local de Flexibilização e Participação do IX Fórum Nacional de Comissões Internas de Supervisão do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação/PCCTAE; Projeto do Alojamento Feminino do Campus Santa Rosa do Sul.

Texto e foto: Cecom/Reitoria/Thomás Müller

Reunião Codir contou com representantes das diretorias de Administração e Planejamento e de Ensino

Nos dias 3 e 4 de julho, os membros do Colégio de Dirigentes (Codir) do IFC, a reitora Sônia Regina de Souza Fernandes, os pró-reitores e os diretores-gerais dos campi, participaram da reunião do Colégio ampliada com a participação das diretorias de Administração e Planejamento (DAP) e de Ensino (DDE). Devido ao número de participantes, as atividades foram realizadas no auditório do IFSC Gaspar, cidade vizinha a Blumenau.

Na manhã do dia 4, Dilvo Ristoff apresentou a palestra “A democratização do campus: os desafios da avaliação da educação superior em contexto de expansão e inclusão”. Ristoff é professor titular aposentado da Universidade Federal de Santa Catarina e, atualmente, é diretor de Políticas e Programas de Graduação do MEC.

Além da palestra, a pauta foi composta pelos seguintes assuntos: Gerenciamento de Pessoas (Prodin/DGP); Comunicação da Reitora; Planejamento estratégico: Metas Globais (Prodin); Tratamento e orientação dos procedimentos relativos às denúncias relacionadas ao tema drogas (Procuradoria/Gabinete/Proen). Após o encerramento, os membros do Codir participaram da abertura dos jogos dos estudantes – JIFC, no Sesi de Blumenau.

Texto: Cecom/Reitoria / Rosiane Magalhães
Foto: Gabinete/IFC

IFC empossa dois novos servidores

O Instituto Federal Catarinense deu posse a dois novos servidores na sexta-feira, dia 29: Fernando Lorenzetti Kowacic, que vai atuar como técnico de laboratório de Informática no campus de Concórdia, e Leny Antundes de Lima, assistente administrativa para o campus de Luzerna.

A cerimônia de posse foi realizada na Reitoria, em Blumenau, e contou com a presença do reitor substituto em exercício do IFC, Fernando José Garbuio, do diretor de Gestão de Pessoas, Bruno Dutra Vieira, e Luciane Hilbert, da Coordenação-Geral de Admissão, Movimentação, Saúde e Desenvolvimento de Pessoal.

Após a abertura da solenidade, Vieira falou sobre a responsabilidade que os servidores recém-empossados assumem perante a sociedade. “Ao assumir um cargo público, passamos a ter como patrões os 200 milhões de cidadãos brasileiros”, afirmou. Ele explicou também as funções da Diretoria de Gestão de Pessoas, apontando o Manual do Servidor do IFC como referência.

Em seguida, o reitor substituto deu boas-vindas aos novos técnicos e falou sobre a criação dos Institutos Federais e a missão do IFC – além de reforçar a importância da atuação dos servidores para o local no qual seus campi estão inseridos. “Geralmente, as pessoas têm um olhar crítico quanto aos funcionários públicos. Cabe a nós combater essa visão, realizar um bom trabalho e prestar contas à sociedade sobre o papel que desempenhamos”, disse Garbuio.

Texto e foto: Cecom/Reitoria/Thomás Müller

Visita técnica da equipe gestora chega a Blumenau (Reitoria)

1. Reitoria

A gestão do IFC continua com as visitas técnicas pelos campi da Instituição. Os últimos encontros foram realizados em Ibirama, no dia 25; Blumenau (Reitoria), nos dias 26, e 27 e 29; e em São Francisco do Sul, no dia 28. Além da reitora Sônia Regina de Souza Fernandes, participam também os pró-reitores de Administração, Stefano Demarco, de Desenvolvimento Institucional, José Luiz Ungeritch Junior, de Ensino, Josefa Surek de Souza, de Extensão, Fernando José Garbuio e de Pesquisa, Cladecir Alberto Schenkel, e representante da coordenação-geral de Comunicação (Cecom).

2. São Francisco do Sul

O objetivo das visitas é prestar contas à comunidade acadêmica sobre as atividades da gestão e promover o diálogo com os alunos e servidores do Instituto. Nesse sentido, a apresentação da reitora Sônia Regina Fernandes aborda temas como o processo de construção do Planejamento Estratégico para o quadriênio 2018-2021, que está em fase de conclusão, e os objetivos e ações no que se refere a Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Políticas Acadêmico-Administrativas, Políticas de Gestão e Infraestrutura. A explanação inclui ainda um panorama da gestão orçamentária da Instituição de 2016 a 2018.

No encontro do dia 27, em Blumenau, a reitora ressaltou a importância de que o IFC tenha compromisso com a inovação pedagógica e tecnológica, a integração de sua comunidade acadêmica e com a formação cidadã e emancipatória. “É preciso discutir um currículo que transcenda ensinar a ‘apertar um botão’, na dimensão da racionalidade técnica, e ensine a pensar. Um sujeito autônomo, que pense, e que saiba – por meio especialmente da pesquisa e da extensão – problematizar o mundo ao seu redor é alguém que vai lidar muito bem com os desafios profissionais que o futuro reserva”, explicou Fernandes.

As visitas técnicas prosseguem até o mês de agosto, e vão passar pelos campi de Araquari, Concórdia, Rio do Sul, Blumenau e Camboriú.

Texto: Cecom/Reitoria/Thomás Müller
Fotos: Cecom/Reitoria/ Edwin Müller (1) e Rafaela Zorzetto de Camargo (2)

Gestores do IFC participaram da Reditec Sul

De 19 a 21 de junho, a equipe de gestão do Instituto Federal Catarinense (IFC), composta pela reitoria Sônia Regina de Souza Fernandes, pró-reitores e diretores-gerais dos campi, esteve presente na Reditec Sul, no Instituto Federal de Santa catarina (IFSC) Campus Lages.

Durante os três dias, cerca de 110 reitores, pró-reitores e diretores-gerais dos seis institutos federais da Região Sul: IFSC, IFC, Paraná (IFPR), Farroupilha (IFFar), Rio Grande do Sul (IFRS) e Sul-Rio-Grandense (IFSul). O evento teve palestra de abertura com o professor Luís Enrique Aguilar, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), mesa-redonda com a secretária de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC), Eline Neves Braga Nascimento, e o ex-titular da pasta, Eliezer Moreira Pacheco, oficinas e reuniões de fóruns setoriais. Foi a primeira edição regional da Reditec realizada no País, com o tema “Impacto dos Institutos Federais no desenvolvimento regional: interiorização, inclusão e transformação”.

Um dos objetivos do evento, que surgiu a partir de uma mobilização de gestores dos institutos federais da Região Sul, era promover a troca de experiências e compartilhar iniciativas. “É uma oportunidade de conhecimento e de qualificação das atividades da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica”, diz a pró-reitora de Desenvolvimento Institucional do IFFar, Nídia Heringer. Para ela, as discussões da oficina que participou (“Contexto atual da educação profissional e tecnológica”) vão ajudar no seu trabalho como gestora.

“Eventos como esse nos possibilitam conhecer a realidade dos outros institutos”, afirma. A vice-reitora do IFSul, Adriane Maria Delgado Menezes. Ela considerou bastante esclarecedora a mesa-redonda com Eline Neves e Eliezer Pacheco, sobre “Os 10 anos da Rede Federal – avanços e desafios”, pois trouxe um histórico e a situação atual da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.

“Excepcional” foi a palavra usada pela reitora do IFC, Sônia Regina de Souza Fernandes, para descrever a Reditec Sul. “Conseguimos discutir o papel dos institutos, em especial os da Região Sul, e nossa inserção e nosso impacto na região”, comenta. As contribuições para a gestão do IFC, na opinião dela, são de que os debates realizados vão ajudar na elaboração do planejamento institucional.

A reitora do IFSC, Maria Clara Kaschny Schneider, considera que, para a instituição, organizar o evento foi motivo de orgulho, principalmente por realizá-lo em um câmpus do interior (Lages fica a 230km de Florianópolis, na região da Serra Catarinense). “Tudo isso simboliza a própria atuação dos institutos federais”, comenta. O objetivo de articular os institutos federais da região para atuar de maneira colaborativa foi cumprido, na visão da reitora. “Eu penso que ter esses momentos em que a gente vê que há gestores que vivem as mesmas angústias e as mesmas dificuldades que nós, isso também nos fortalece para avançar”, avalia.

A próxima Reditec Sul deve ser realizada pelo IFFar, que se colocou à disposição no final do evento para organizá-lo nas cidades de Santa Rosa ou Frederico Westphalen.

Texto: Felipe Silva/IFSC com adaptações da Cecom/IFC
Fotos: Edwin Müller / Cecom/IFC

Estudantes e servidores de Ibirama receberam visita da gestão

Na segunda-feira, 25 de junho, estudantes e servidores do IFC Campus Ibirama receberem a visita técnica dos gestores da instituição. Além da presença da reitora, Sônia Regina de Souza Fernandes, a visita contou com os pró-reitores Josefa Surek de Souza (Ensino) e Stefano Moraes Demarco (Administração), e da coordenadora-geral de Comunicação, Rafaela Zorzetto de Camargo. A equipe foi recebida pelo diretor-geral pro tempore do campus, Fernando Taques.

Objetivo destes encontros é promover o diálogo entre gestores, demais servidores e comunidade acadêmica. Em Ibirama, a reitora teve um momento ainda com estudantes do grêmio estudantil e com a estudante Aymee Agnes de Andrade Sinn, representante de Santa Catarina no Parlamento Juvenil do Mercosul.

“Nós estimulamos e incentivamos o protagonismo estudantil, pois entendemos que assim se constitui a identidade dos estudantes”, explicou Sônia.

Texto: Cecom/Reitoria / Rosiane Magalhães

Professoras do IFC receberam homenagem pela participação nas Feiras de Matemática

No dia 21 de junho, foi realizado, na Universidade Regional de Blumenau (Furb), um evento em homenagem aos 34 anos de realização das Feiras de Matemática, organizado pelo professor Vilmar José Zermiani (Furb), idealizador do movimento.

Foi uma noite de homenagens e agradecimentos aos gestores das Feiras, dentre os quais foram mencionadas as professoras Fátima Peres Zago de Oliveira (Campus Rio do Sul), representante do IFC, e Araceli Gonçalves (Campus Camboriú), na ocasião representando a Sociedade Brasileira de Educação Matemática de Santa Catarina (SBEM-SC).

Evento contou ainda com a presença de Fernando José Garbuio, pró-reitor de Extensão e reitor substituto do IFC, da professora Paula Andrea Grawieski Civiero e dos estudantes Lariça Frena, Maria Luiza Dellajustina Dalcanale e Ronaldo Tambosi do IFC Rio do Sul.

“O IFC atua de forma ativa na formação de professores que participam das Feiras de Matemática, na organização, na coordenação da avaliação e do comitê científico e na realização das Feiras de Matemática regionais, catarinenses e nacional. A instituição é responsável também pelo Acordo de Cooperação Técnico-Centífica 135/2015, entre SBEM, Furb e Uneb, que tem como objeto a expansão das Feiras de Matemática em outros estados brasileiros e que tem um papel relevante em consolidar os princípios que regem o evento desde a origem”, explica Oliveira.

Texto: Cecom/Reitoria / Rosiane Magalhães, 
com informações da Proex.
Imagem: Internet