IFC São Bento do Sul recebe cerca de mil pessoas durante três dias da Micti e do IFCultura

Cerca de mil pessoas participaram das atividades da XI Mostra Nacional de Iniciação Científica e Tecnológica Interdisciplinar (Micti) e do IV IFCultura, no IFC São Bento do Sul, de 6 a 8 de novembro. Durante esses dias, na Micti foram apresentadas 248 produções. Entre elas, 29 projetos de extensão e 27 de pesquisa na modalidade ampla concorrência. Outros 83 projetos de pesquisa subsidiados pelo CNPq, além de 51 trabalhos de extensão e 58 de pesquisa, indicados pelos campi, fizeram parte da Mostra. No IFCultura, foram apresentadas 50 produções artísticas: sete de dança, quatro peças de teatro, 16 números musicais, dez poesias e 13 peças de artes visuais.

Ranúzy Borges Neves, coordenadora do evento, conta que sediar a XI Micti e o IV IFCultura foi extremamente desafiador para o campus. “Apesar de reduzida, a equipe que compôs a comissão organizadora foi muito comprometida e dessa forma conseguimos superar diversas limitações. Depois de tanto empenho e trabalho e de tudo que experimentamos nesses três dias de evento, só podemos agradecer à equipe, composta por servidores e alunos, aos grupos e artistas que se apresentaram na abertura e aos palestrantes que reforçaram a mensagem que o campus quis passar durante esses três dias: de que o caminho para as mudanças e melhorias na condição de vida no Brasil passa pela valorização da educação, da ciência e da cultura. Nosso maior desejo é o de que, como instituição, sejamos cada vez mais fomentadores de projetos de ensino, pesquisa, extensão e cultura, comprometidos com a ética e o respeito, no intuito de sermos pessoas melhores para a sociedade em que vivemos”, declarou a coordenadora.

Confira como foram as atividades:

IFC São Bento do Sul recebeu cerca de mil pessoas durante três dias da Micti e do IFCultura

Apresentações dos trabalhos dos estudantes na Micti foram feitas em banner e comunicação oral

Estudantes de todo o IFC mostram seus talentos artísticos no IV IFCultura

Abertura da Micti e do IFCultura é marcada por apresentações culturais e palestra de professora com pós-doutorado pela Harvard

Textos: Cecom/Reitoria – Rosiane Magalhães e Thomás Müller
Fotos: Cecom/Reitoria – Paôla F Dahlke, Rosiane Magalhães e Thomás Müller

Três editais estão com inscrições abertas no IFC

Até 25 de novembro, estão abertas as submissões para três editais no IFC. Dois deles são originários da Pró-Reitoria de Extensão (Proex), e um integrado pelas Pró-Reitorias de Extensão (Proex), Ensino (Proen) e de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (Propi). Todos estão disponíveis aqui.

Edital nº 130/2018: tem como objetivo selecionar propostas que contribuam para o desenvolvimento e a disseminação de projetos integrados de Ensino, Pesquisa e Extensão que visem à melhoria e ao aperfeiçoamento dos arranjos produtivos, culturais e sociais locais (APLs) do estado de Santa Catarina. O edital prevê aplicação de recursos financeiros, não reembolsáveis, no valor R$ 481.500,00, e pagamento de bolsas. Período de submissão: 18/10/2018 a 25/11/2018.

Edital nº 135/2018: tem como objetivo apoiar propostas de continuidade e renovação de ações de extensão, que estejam inseridas na modalidade Programas, bem como novas propostas de programas de extensão a serem executadas, no exercício de 2019 e 2020, no âmbito da IFC. Período de submissão: 31/10/2018 a 25/11/2018.

Edital n° 136/2018: tem como objetivo apoiar a realização de projetos de promoção e/ou inovação social, realizados nos campi do IFC, a serem executadas no ano de 2019. O apoio se dará por meio de concessão de bolsas a estudantes de ensino médio ou superior, com recursos da Pró-Reitoria de Extensão. Período de submissão: 31/10/2018 a 25/11/2018.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Texto e artes : Proex/IFC

Inscrições abertas para a XI Micti e o IV IFCultura

Estão abertas as inscrições para a XI Mostra de Iniciação Científica e Tecnológica Interdisciplinar – Micti – e para o IV IFCultura. Neste ano, os dois eventos serão realizados no Campus São Bento do Sul nos dias 6, 7 e 8 de novembro.

As datas para as inscrições podem ser conferidas abaixo:

Até 14 de setembro: Trabalhos de pesquisa (Programa Institucional de Bolsas do CNPq e ampla concorrência); trabalhos de extensão (ampla concorrência); apresentações do IFCultura.
De 17 de setembro a 5 de outubro: Trabalhos de pesquisa e de extensão indicados pelos campi do IFC.
Até 29 de outubro: Inscrições na categoria ouvinte.

Micti

Serão disponibilizadas 250 vagas (125 para o ensino médio e 125 para o ensino superior) para trabalhos a serem apresentados na Micti, contemplando projetos de pesquisa e de extensão. Serão aceitas produções nas seguintes áreas:

Ciências Agrárias;
Ciências Biológicas;
Ciências da Saúde;
Ciências Exatas e da Terra;
Ciências Humanas;
Ciências Sociais Aplicadas;
Engenharias;
Linguística, Letras e Artes;
Outros.

As inscrições de trabalhos para a Micti deverão ser realizadas via sistema, neste link, e de ouvintes por meio do formulário online.

IFCultura

Para o IFCultura, haverá 150 vagas, nas modalidades dança, música, teatro, artes visuais e poesia, exclusivas para alunos do Ensino Médio Integrado do IFC. Para participação no IFCultura, os servidores do IFC deverão realizar as inscrições dos estudantes via formulário online.

A página oficial do evento pode ser acessada aqui, e o regulamento está disponível em Regulamento XI Micti/IV IFCultura.

Texto e imagem: Cecom/SBS

Professoras do IFC receberam homenagem pela participação nas Feiras de Matemática

No dia 21 de junho, foi realizado, na Universidade Regional de Blumenau (Furb), um evento em homenagem aos 34 anos de realização das Feiras de Matemática, organizado pelo professor Vilmar José Zermiani (Furb), idealizador do movimento.

Foi uma noite de homenagens e agradecimentos aos gestores das Feiras, dentre os quais foram mencionadas as professoras Fátima Peres Zago de Oliveira (Campus Rio do Sul), representante do IFC, e Araceli Gonçalves (Campus Camboriú), na ocasião representando a Sociedade Brasileira de Educação Matemática de Santa Catarina (SBEM-SC).

Evento contou ainda com a presença de Fernando José Garbuio, pró-reitor de Extensão e reitor substituto do IFC, da professora Paula Andrea Grawieski Civiero e dos estudantes Lariça Frena, Maria Luiza Dellajustina Dalcanale e Ronaldo Tambosi do IFC Rio do Sul.

“O IFC atua de forma ativa na formação de professores que participam das Feiras de Matemática, na organização, na coordenação da avaliação e do comitê científico e na realização das Feiras de Matemática regionais, catarinenses e nacional. A instituição é responsável também pelo Acordo de Cooperação Técnico-Centífica 135/2015, entre SBEM, Furb e Uneb, que tem como objeto a expansão das Feiras de Matemática em outros estados brasileiros e que tem um papel relevante em consolidar os princípios que regem o evento desde a origem”, explica Oliveira.

Texto: Cecom/Reitoria / Rosiane Magalhães, 
com informações da Proex.
Imagem: Internet

Estudantes do IFC Rio do Sul apresentaram projeto na VI Feira Nacional de Matemática

Durante a VI Feira Nacional de Matemática (VI FNMat), realizada no Acre, Daniel Verdi do Amarante e Luiza Pisetta, estudantes do curso técnico em Informática integrado ao Ensino Médio, do IFC Campus Rio do Sul, acompanhados pela professora Fátima Peres Zago de Oliveira, apresentaram o projeto “Avaliação financeira para a aquisição de um aparelho celular”.

Neste projeto, os alunos criaram um website para auxiliar as pessoas a encontrarem a melhor forma de pagamento ao adquirir um aparelho celular, utilizando conceitos da matemática financeira, de progressões e funções. Além disso, se o consumidor não souber o aparelho que deseja comprar, no site tem a opção de encontrar o modelo mais adequado para ele.

“Participar das Feiras de Matemática proporciona muito conhecimento, aprendizado e troca de experiências, entre alunos e professores, além de contribuir com o crescimento dos alunos no campo da matemática. Foi gratificante participar da VI Feira Nacional de Matemática, pois possibilitou conhecer trabalhos de vários estados do Brasil”, enfatizou Pisetta.

“É sempre bom participar de Feiras de Matemática para conhecer outros projetos e também receber feedbacks sobre o trabalho desenvolvido até ali, além de conhecer pessoas de diversos estados do país”, relatou Amarante.

Em 2017, os estudantes participaram da XXXIII Feira Catarinense de Matemática, em Criciúma, e também da 21ª Feira Regional de Matemática, em Rio do Sul.

Texto: Cecom/Reitoria / Rosiane Magalhães
com informações das professoras Araceli Gonçalves e Fátima Peres Zago de Oliveira.

Estudantes e professores do IFC participaram da VI Feira Nacional de Matemática

Pesquisadores, docentes e estudantes de mais de dez estados brasileiros participaram da VI Feira Nacional de Matemática (FNMAT), realizada em Rio Branco, capital do Acre, pela parceria entre o Instituto Federal do Acre (Ifac), o Instituto Federal Catarinense (IFC), a Universidade Federal do Acre (Ufac) e a Fundação Universidade Regional de Blumenau (Furb).

Na ocasião, o IFC foi representado por estudantes e professores, dentre estes as professoras* Fátima Peres Zago de Oliveira (IFC Campus Rio do Sul) e Araceli Gonçalves (IFC Campus Camboriú), responsáveis por um dos cursos de formação continuada ofertado na Feira.

“A formação contou com um público de aproximadamente 70 pessoas, dentre as quais estavam professores e acadêmicos do curso de Matemática de Rio Branco e de cidades vizinhas. Visava consolidar, junto ao grupo, os pressupostos epistemológicos e princípios que guiam o movimento das Feiras desde sua origem. Por isso, o foco foi contextualizar o processo histórico reflexivo das Feiras de Matemáticas e o princípio colaborativo que é eixo condutor na gestão no processo de avaliação e orientação dos trabalhos”, explicou Oliveira.

Durante a VI FNMat, Paula Andrea Grawieski Civiero, também professora do IFC Campus Rio do Sul, trabalhou a formação com os coordenadores de grupo de avaliação por meio do acompanhamento processual das reuniões, em conjunto à comissão coordenadora da avaliação da Feira.

Segundo os organizadores, nesta edição, foram expostos 89 trabalhos, com a participação de 82 orientadores, 68 avaliadores e 136 expositores, oriundos de 47 municípios de 11 estados da Federação: Santa Catarina (34 trabalhos), Acre (20 trabalhos), Bahia (9 trabalhos), Rio Grande do Sul (8 trabalhos), Amapá (7 trabalhos), Tocantins (3 trabalhos), Pará (4 trabalhos), Minas Gerais (2 trabalhos), Espírito Santo (1 trabalho) e Pernambuco (1 trabalho). Entre os projetos expostos, participaram 22 trabalhos de Institutos Federais de várias regiões do Brasil: IFC, Ifac, Ifap, IFTO, Ifes, IFMG e IFFarroupilha.

“Os projetos apresentados abordam temas relacionados à matemática aplicada e/ou inter-relação com outras disciplinas, materiais e/ou jogos didáticos e matemática pura, desde a educação infantil até a categoria professor, incluindo também a educação especial. Importante destacar o número expressivo de visitantes oriundos de escolas da região, da Ufac, Ifac, demais universidades, bem como da comunidade em geral. A comissão organizadora do evento estima um público de mais de 4.000 pessoas no evento”, revelou a professora do IFC Camboriú.

Realizado entre 23 e 25 de maio, o evento contou ainda com o apoio do Governo do Estado do Acre, da Prefeitura Municipal de Rio Branco, da União Educacional do Norte (Uninorte), da Gráfica Estrela, da Center Publicidade, da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e da Sociedade Brasileira de Educação Matemática (SBEM).

*As professoras representaram o coletivo de professores que compõe a Equipe de Trabalho do IFC, de acordo com a Portaria nº 3249, de 10 de dezembro de 2015.

 

Texto: Cecom/Reitoria / Rosiane Magalhães,
com informações das professoras

Equipe da Proex realizará capacitação telepresencial sobre elaboração de projetos

Nos dias 13 e 14 de junho, equipe da Pró-reitoria de Extensão do IFC promoverá capacitação telepresencial sobre elaboração de projetos, redação de artigos científicos e sobre a indissociabilidade do ensino, pesquisa e extensão. Capacitação será aberta aos servidores de todos os campi e reitoria.

Segundo os organizadores, em cada campi onde houver inscritos, a capacitação será transmitida ao vivo em um auditório com lista de presença para fins de certificação.

Interessados devem se inscrever, entre 17 de maio e 4 de junho, pelo SIGRH – Menu Servidor – Capacitação – Inscrições – Realizar Inscrição.

Texto: Cecom/Reitoria / Rosiane Magalhães
com informações da Proex

Conea, Cetasc e Eneasc 2018 serão realizados em maio no IFC

Nos dias 24 e 25 de maio, o Instituto Federal Catarinense, por meio da Pró-reitoria de Extensão, realiza no IFC Campus Concórdia, o III Congresso Nacional do Ensino Agrícola (Conea), VI Congresso Estadual Dos Técnicos Agrícolas de Santa Catarina (Cetasc) e XI Encontro Estadual do Ensino Agrícola (Eneasc), com tema “Educação Profissional, com Ética e Responsabilidade”.

Realização do evento é uma parceria entre IFC, Conselho Estadual de Ensino Agrícola de Santa Catarina (Conea), Sindicato dos Técnicos Agrícolas de Nível Médio de Santa Catarina (Sintagri) e Associação dos Técnicos Agrícolas de Santa Catarina (Atasc). Com apoio do Crea de Santa Catarina e Unitagri.

Segundo os organizadores, com as explanações, debates e reflexões, o evento pretende mostrar que a legislação é clara sobre as atribuições profissionais do Técnico Agrícola e também sobre a responsabilidade das instituições de ensino, formadoras desses profissionais, em trabalhar as competências, habilidades e conhecimentos necessários para que eles possam adquirir seus registros profissionais e exercer sua profissão conforme prevê a lei, com ética e responsabilidade.

Inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo site do evento.

Texto: Cecom/Reitoria / Rosiane Magalhães

IFC realiza reuniA?o com os assentados da Vila Nova

article critique, online Zoloft.

No dia 20 de fevereiro, ocorreu uma reuniA?o da ComissA?o do Programa Nacional de IntegraA�A?o da EducaA�A?o Profissional com a EducaA�A?o BA?sica na Modalidade de EducaA�A?o de Jovens e Adultos (Proeja) do IFC Campus Santa Rosa do Sul com os assentados da Vila Nova e servidores da ExtensA?o do Instituto. Na oportunidade, a coordenadora do Proeja, professora Suzana Maria Pozzer da Silveira, deu as boas-vindas a todos os presentes e colocou em discussA?o algumas propostas a serem realizadas junto A� comunidade neste ano, tais como: curso de preparaA�A?o para a prova do Exame Nacional para CertificaA�A?o de CompetA?ncias de Jovens e Adultos (Encceja); curso de qualificaA�A?o profissional e plano de desenvolvimento para a Vila Nova. O interesse manifestado pelos participantes foi grande, criando espaA�o para a discussA?o e o planejamento participativo das prA?ximas aA�A�es, inclusive sobre problemas comuns da comunidade, como, por exemplo, a qualidade da A?gua.

O assentamento da Vila Nova, localizado no MunicA�pio de Santa Rosa do Sul, nasceu de um projeto desenvolvido pelo Governo Federal, na dA�cada de 1980, sendo vinculado ao programa do Fundo de Terras do Estado de Santa Catarina. Caracteriza-se pela composiA�A?o de pequenas propriedades familiares, que trabalham especialmente na produA�A?o de arroz, banana, fumo, mandioca e milho. O IFC Campus Santa Rosa do Sul, considerando as necessidades da comunidade, tem o intuito de promover a formaA�A?o cidadA?, a inclusA?o social e o desenvolvimento regional. Dessa forma, a ComissA?o Proeja estabeleceu como prA?xima aA�A?o a elaboraA�A?o dos projetos, com a perspectiva de iniciar, no mA?s de maio, as atividades com os membros da comunidade.

Texto e foto: Cecom/Santa Rosa do Sul

Proex realiza reuniA?o com os coordenadores de ExtensA?o e de EstA?gio do IFC

A PrA?-Reitoria de ExtensA?o (Proex) realizou, nos dias 15 e 16 de fevereiro, a 1A? ReuniA?o do ComitA? de ExtensA?o do IFC, envolvendo os coordenadores de ExtensA?o e de EstA?gio dos campi do da instituiA�A?o. A reuniA?o contou ainda com a presenA�a da reitora SA?nia Regina de Souza Fernandes e dos prA?-reitores de AdministraA�A?o; Desenvolvimento Institucional; Pesquisa, PA?s-GraduaA�A?o e InovaA�A?o, e com a participaA�A?o da equipe da Cecom. Na abertura, a reitora contextualizou a importA?ncia da extensA?o como elo entre o ensino e a pesquisa, alA�m de enfatizar o compromisso com a missA?o institucional: “Proporcionar educaA�A?o profissional, atuando em ensino, pesquisa e extensA?o, comprometida com a formaA�A?o cidadA?, a inclusA?o social, a inovaA�A?o e o desenvolvimento regional”.

a�?Foi um momento para apresentaA�A?o dos trabalhos e integraA�A?o da equipe da PrA?-Reitoria e das coordenaA�A�es dos 15 campi. Acreditamos que todos saA�ram mais fortalecidos e unidosa�?, avalia o prA?-reitor de ExtensA?o, professor Fernando Garbuio.

a�?A reuniA?o teve como objetivos, alA�m de discutir assuntos pertinentes A� pasta, proporcionar a aproximaA�A?o dos campi com a Reitoria e vice-versa, debater soluA�A�es para as dificuldades com pessoal e orA�amento, conhecer, de fato, o universo extensionista, os procedimentos legais e traA�ar caminhos para o atendimento pleno da nossa missA?oa�?, explica A�liton Pires, diretor de ExtensA?o.

Foram abordados, na ocasiA?o, os seguintes assuntos: relatA?rio de gestA?o, calendA?rio de editais 2018, plano de aA�A�es e metas 2018, visitas aos campi, egressos, estA?gios, convA?nios, eventos, Programa InstituiA�A?o Amiga do Empreendedor, Incubadoras de Empresas, Empresas JA?nior e resoluA�A�es a�� assuntos estes que compA�em as atribuiA�A�es e os indicadores da extensA?o nos Institutos Federais.

thesis statement for research paper, purchase dapoxetine.

Texto: Cecom/Reitoria / Rosiane MagalhA?es | Jornalista / JP 12.715/MG / com informaA�A�es da Proex