Unesco conhece atividade de escola-fazenda do IFC

projeto-unesco2A PrA?-reitoria de Ensino (Proen) do Instituto Federal Catarinense (IFC) participou do processo de validaA�A?o de projeto chancelado pela OrganizaA�A?o das NaA�A�es UnidasA�para a EducaA�A?o, a CiA?ncia e a CulturaA�(Unesco) sobre FormaA�A?o de Docentes para EducaA�A?o Profissional e TecnolA?gica, coordenado pelo professor Jarbas Novelino Barato, com a co-participaA�A?o dos professores Francisco Aparecido CordA?o e Marilza Regattieri. A reuniA?o aconteceu no dia 19/08, na Reitoria do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). O IFC foi representado pela prA?-reitora de Ensino, Josefa Surek, e a diretora de Ensino, Iris Weiduschat.

O estudo discute possibilidades de articulaA�A?o que transcendaA�formas de construA�A?o de conhecimentos tradicionais, tais como aquelas limitadasA�A�s atividades de oralidade e escrita em sala de sala, trazendo a oficina como modalidade do aprender fazendoA�no cover letters jobs, cheap dapoxetine. e pelo trabalho.A�Apresenta, assim, uma dimensA?o pedagA?gica que permite um diA?logo profA�cuo e contA�nuo em torno do aprender a fazer, compreendendo este fazer tambA�m como uma forma de conhecimento.

A pesquisa envolve tambA�m a visita a instituiA�A�es que ofertam cursos profissionalizantes, com a observaA�A?o de espaA�os que potencializem o uso das oficinas. Foi com esse objetivo que o professor Jarbas passou o dia 25/08 no Campus Araquari. Na ocasiA?o, conheceuA�uma das nossas Escolas Fazenda, onde acompanhou o trabalho dos professores Adolfo JatobA? e Alceu Kunze na conduA�A?o de suas aulas prA?ticas.

Na visita, a partir da perspectiva do estudo, puderam ser observadas as contribuiA�A�es que as oficinas podem trazer para a materializaA�A?o da relaA�A?o mestre-aprendiz, balizadora do processo de aprendizagem do fazer como um saber para a formaA�A?o profissional. Nesse sentido, o entendimento do papel do docente em tal ambiente pode auxiliar a instituiA�A?o a pensar a formaA�A?o pedagA?gica no atendimento das demandas de instrumentaA�A?o, com vistas A� sua atuaA�A?o em espaA�os metodolA?gicos prA?ticos, como instA?ncias indissociA?veis da formaA�A?o profissional.

*Texto e fotos: DivulgaA�A?o/Proen.

Deixe uma resposta