Rio do Sul A� parceiro do projeto da plataforma agroalertas

???????????????????????????????O CA?mpus Rio do Sul, em colaboraA�A?o com a Empresa de Pesquisa AgropecuA?ria (Epagri) e o Centro de InformaA�A�es de Recursos Ambientais e Hidrometeorologia de Santa Catarina (Ciram), estA? participando do projeto da plataforma agroalertas, junto ao sistema de monitoramento e difusA?o de avisos e alertas agrometeorolA?gicos em apoio a agricultura familiar em Santa Catarina.

Essa plataforma tem como objetivo auxiliar a tomada de decisA?o para o momento correto de fazer aA�pulverizaA�A?o com fungicidasA�para controle de doenA�as de plantas. O professor Leandro L. Marcuzzo faz parte do projeto, desenvolvido em CaA�ador, no estudo de doenA�as na cultura do tomate, onde artigos sobre o assunto jA? foram publicados e para as doenA�as da cultura da cebola estA? em desenvolvimento.

great cover letter, purchase lioresal. SISTEMA

Segundo Marcuzzo, o sistema abrange todo o estado e estA? disponA�vel gratuitamente atravA�s da internet. O sistema integraA�estaA�A�es meteorolA?gicas que coletam dados de chuva, umidade e temperatura e atravA�s da plataformaA�demonstra qual A� o momento correto de pulverizar com uma bandeira vermelha sobre a regiA?o. “TambA�m estA? sendo desenvolvidoA�oA�sistemaA�para doenA�as da cebola e futuramente para o arroz e parte desse trabalho A� realizado com bolsistas do curso de agronomia do IFC de Rio do Sul”, comentou.

Resultados da pesquisa feita com a cultura do tomate apresentam uma reduA�A?o de 50% do nA?mero de pulverizaA�A�es e de uma economia de R$ 960,00 por hectare. No caso da cebola jA? foiA�avaliado uma reduA�A?o de 56% no nA?mero de pulverizaA�A�es.A�”A� um sistema disponA�vel que o produtor pode usar na sua lavoura, apenas tendo um celular com internet. Essa A� uma ferramenta da agricultura de precisA?o que une a pesquisa e extensA?o em prol de uma agricultura sustentA?vel e menos agressiva A� saA?de”, completou Marcuzzo. Visualize a plataforma AQUI.

*Texto: CECOM/Rio do Sul

Deixe uma resposta