Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

Audiência pública aprova pós-graduação em Gestão e Negócios

audiencia-camboriu

A audiência pública aprovou – por unanimidade – a criação do curso de pós-graduação lato sensu na área de Gestão e Negócios. O evento teve a participação de, aproximadamente, cinquenta pessoas, entre comunidade, estudantes, servidores. O diretor-geral do campus, Rogério Luis Kerber, destacou a relevância do curso como um passo para promover a verticalização do ensino. “Tenho certeza de que os nossos alunos e a comunidade estão esperando por essa oportunidade. Temos a obrigação de oferecer a verticalização do ensino, de acordo com os arranjos produtivos locais”, destacou.

Ciça Muller, presidente da Associação Empresarial de Balneário Camboriú e Camboriú (ACIBALC), falou sobre a satisfação da ACIBALC em saber que o IFC ofertará um curso como esse, com qualidade e gratuitamente. “Colocamos a Associação à disposição do campus para contribuirmos com o crescimento da pós-graduação”, declarou a presidente.

O professor e membro da Comissão de criação da pós-graduação, Gerson Carlos Saiss, apresentou a proposta de ementa do curso e afirmou que a previsão para início da pós será no ano de 2017. “A grade curricular inicialmente será composta pelas disciplinas de: Comunicação Empresarial, Pesquisa operacional, Logística, Comunicação visual, Estatística aplicada, Auditoria, Marketing, Ética empresarial, Empreendedorismo, Gestão financeira, Economia empresarial, Análise das demonstrações contábeis e Gestão de pessoas. O curso será gratuito e com duração aproximada de um ano e meio.”, completou o professor.

Após a apresentação, a comunidade discutiu o assunto, tirou as dúvidas e, posteriormente, aprovou – por unanimidade – a criação da Pós-Graduação em Gestão e Negócios.

Confira as fotos do evento aqui.

* Texto e fotos: CECOM/Camboriú.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na terça-feira, 16 de fevereiro de 2016, às 19:11 pela Coordenação-Geral de Comunicação (Cecom).

Últimas notícias: