Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

BrainPort V100

napne1Um novo dispositivo promete auxiliar deficientes visuais a “ver” o mundo ao seu redor sem a necessidade de implantes cirúrgicos. A empresa Wicab, sediada em Winsconsi, nos EUA, criou o BrainPort V100. O dispositivo que transfere as informações visuais para a língua do deficiente visual consiste em um par de câmeras, sendo uma de mão e a outra embutida num par de óculos de sol, e um sensor remoto que é colocado na língua do usuário. As imagens captadas pelas câmeras são transmitidas para o sensor – com o grande número de terminações nervosas na língua, os impulsos de uma imagem em preto-e-branco granulado permitem que o usuário “veja os objetos”.napne2

Ele tem o potencial para ser um dispositivo amplamente utilizado por pessoas com uma gama de deficiências visuais, desde aqueles com degeneração macular até os que são completamente cegos. Segundo o site do fabricante, com um pequeno treino, é possível dominar o uso do aparelho, começando a compreender a relação espacial e o movimento.

Para mais informações, acesse http://www.wicab.com/.

*Texto e imagens: Napne/IFC.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na terça-feira, 23 de agosto de 2016, às 18:26 pela Coordenação-Geral de Comunicação (Cecom).

Últimas notícias: