Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

Câmpus firma parceria para criação de Centro de Equoterapia

equoterapia-camboriuEm busca de parceiros para a criação de um Centro de Equoterapia, o IFC Câmpus Camboriú buscou o apoio da Prefeitura Municipal de Camboriú, da Associação de Equoterapia do Vale do Itajaí e Litoral (Adevil) e da Associação de Pais e Amigos Excepcionais (Apae).

Em conversa realizada com as entidades e Prefeitura, o diretor-geral, Rogério Luís Kerber, destacou a importância de parcerias como essas para a construção do Centro. “O câmpus fornecerá a estrutura e os animais. As entidades entram com os alunos e profissionais específicos”, ressaltou o diretor.

Para a equoterapeuta da Adevil, Márcia Tavares, a equipe multidisciplinar permite uma avaliação completa e individual do praticante. “Na Adevil, temos atendemos a Associação de Amigos do Autista (AMA) e conseguimos notar uma evolução muito grande nos alunos que não verbalizavam a comunicação”, contou a equoterapeuta.

Na ocasião da apresentação do projeto, o coordenador de implantação, Márcio Pereira Soares, demonstrou a ideia inicial para construção do Centro. “Criaremos uma estrutura administrativa com salas de apoio, uma pista coberta e uma aberta, ambas no padrão internacional, baias, um redondel e também um parquinho com acessibilidade”, afirmou o coordenador.

A prefeita de Camboriú, Luzia Coppi Mathias, já sinalizou o apoio ao projeto. “Somos parceiros. Nós vamos colaborar em tudo o que ficar ao alcance da Prefeitura”, reforçou Luzia.

Com o Centro, há também a possibilidade da criação de novos cursos na área de inclusão. “Temos, inclusive, planos de ofertar o curso de Licenciatura em Educação Especial”, declarou a diretora do departamento de desenvolvimento educacional, Sirlei de Fátima Albino.

A nova construção será instalada nas proximidades do Centro de Formação de Treinadores e Instrutores de Cães-guia (CFTICG) para permitir a realização de um trabalho multidisciplinar, envolvendo pet terapia com os cães que foram afastados do programa. “A ideia é partirmos para a idealização de um Centro de Inclusão”, destacou Kerber.

A Equoterapia
Equoterapia é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo para buscar o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência e/ou necessidades especiais. Com uma abordagem interdisciplinar, a equoterapia envolve profissionais das áreas da saúde, educação e equitação.

* Texto e foto: CECOM/Camboriú.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na quarta-feira, 15 de outubro de 2014, às 18:03 pela Coordenação-Geral de Comunicação (Cecom).

Últimas notícias: