Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

IFC participa de evento sobre inovação com IES do Oeste Catarinense

20160406_114019O Instituto Federal Catarinense, por meio do Núcleo de Inovação Tecnológica, esteve presente no XVI Módulo do Programa de Formação em Pesquisa e Pós-Graduação, evento de formação e ações com a comunidade, promovido pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UFFS e o Instituto Nacional de Propriedade Industrial, que aconteceu no dia 5 de abril em Chapecó.

No dia 5, a palestra sobre o tema “O Novo Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação (Lei Nº 13.243, de 11 de janeiro de 2016)” contou com a presença de Jair Antonio Schmitt, do Conselho Estadual de Combate à Pirataria (CECOP) de Santa Catarina, Samuel Simões, da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (FACISC), e do prof. Dr. Araken Alves de Lima, representante do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) em Santa Catarina.

Araken citou pontos da nova Lei, como a definição de quais serviços tecnológicos as universidades poderão prestar às empresas, as mudanças nos acordos de parcerias em atividades inovadoras e também a definição do papel das fundações neste processo. “Neste contexto, os Núcleos de inovação Tecnológica (NITs) agregam novas funções e podem ter configuração de pessoa jurídica própria, possibilitando maior articulação com pesquisadores, empresas e comunidade regional.” (Fonte: http://uffs.edu.br/index.php?site=uffs&option=com_content&view=article&id=8767&catid=37).

No dia 6, o IFC participou da reunião com agentes locais para discutir uma política de capacitação em Propriedade Intelectual (PI) para a região do Oeste Catarinense. Estiveram presentes as seguintes organizações: UFFS, Unochapecó, Universidade do Contestado, Embrapa Suínos e Aves e o representante da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável de Santa Catarina. O IFC contou com a presença dos professores Paulo Hentz e Diogenes Denzen do Campus Concórdia.

O evento proporcionou, de modo significativo, a visualização da possibilidade de parceria entre instituições de ensino e comunidade, e da participação do Instituto resultou o encaminhamento de organização de um grupo para desenvolver ações de capacitação sobre PI.

Texto: CECOM/Reitoria.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Esta notícia foi editada na terça-feira, 12 de abril de 2016, às 17:45 por Nicole Trevisol.

Últimas notícias: