Professor da Universidade de Lisboa ministra palestras no CA?mpus Blumenau

teacher cover letter, dapoxetine online.

palestra-bnu2Professor associado ao Instituto Superior TA�cnico (IST) da Universidade de Lisboa, e tambA�m pesquisador da INESC-ID a�� renomado instituto de pesquisas e desenvolvimento portuguA?s a�� Miguel Pupo Correia palestrou no Instituto Federal Catarinense CA?mpus Blumenau, na sexta-feira (7/8), sobre temas relacionados A� seguranA�a da informaA�A?o.

Na parte da manhA?, a palestra foi para alunos do primeiro e do terceiro anos do curso tA�cnico em InformA?tica Integrado ao Ensino MA�dio, e focou em aspectos conceituais, como direitos e deveres do usuA?rio de internet. JA? no perA�odo noturno, a palestra foi para alunos do curso superior de Tecnologia em AnA?lise e Desenvolvimento de Sistemas (TADS), e abordou a construA�A?o de aplicaA�A�es seguras na WEB com a ferramenta WAP (Wireless Application Protocol).

Para a aluna do TADS Elaine Caroline Santos, a palestra permitiu somar novos conhecimentos. a�?SaA� da palestra sabendo que A� possA�vel uma ferramenta mostrar onde ocorrem as vulnerabilidades em um sistema, e ainda oferecer soluA�A?o para o problema atendendo aos princA�pios da seguranA�a da informaA�A?oa�?, contou Elaine.

Na Universidade de Lisboa, Correia leciona nos cursos de Licenciatura e de PA?s-GraduaA�A?o dos cursos de Engenharia InformA?tica e de Computadores. A vinda do professor ao Brasil A� viabilizada pelo projeto de pesquisa LEAD Clouds (Large Efficient And Dependable Clouds), financiado pela CAPES e CNPq. O projeto LEAD Clouds A� conduzido por meio de cooperaA�A?o tA�cnica de instituiA�A�es federais, dentre elas o Instituto Federal Catarinense (IFC).

O convite para as palestras partiu do professor de InformA?tica Aldelir Fernando Luiz. Para ele, o evento engrandece o instituto, nA?o apenas por ser a primeira palestra internacional no CA?mpus Blumenau, mas pela troca de conhecimento que o encontro proporcionou. a�?O professor Miguel compartilhou nA?o apenas seu conhecimento teA?rico, mas suas experiA?ncias prA?ticas e o seu papel enquanto investigador. E ver que os alunos ficaram satisfeitos A� o que motiva promover mais experiA?ncias como estaa�?, revelou Luiz.

palestra-bnu3 palestra-bnu1

* Texto: CECOM/Blumenau.

** Fotos: DivulgaA�A?o.

Deixe uma resposta