IFC e IFSC trabalharão em parceria no desenvolvimento de plataforma para egressos

Estudantes e servidores dos Institutos Federais Catarinense (IFC) e de Santa Catarina (IFSC) trabalharão em conjunto no desenvolvimento de uma plataforma de relacionamento de egressos das instituições. A parceria firmou-se durante a realização do Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação do IFSC (8º Sepei), realizado em Chapecó de 30 de julho a 1º de agosto.

Entre os eventos do Sepei, ocorreu o 1° Hackathon do IFSC, com objetivo de levar à comunidade acadêmica um desafio de programação para o desenvolvimento de uma plataforma de egressos. Esta atividade partiu da disponibilização de uma versão em desenvolvimento pela Fábrica de Software no IFC Campus Araquari, como resultado do projeto apoiado pela Pró-Reitoria de Extensão do IFC (Proex).

Composta pelos estudantes bolsistas da Fábrica de Software, Christopher Steffens Theilacher e Henrique Luiz Hartmann; pelo coordenador do projeto, professor Ivo Marcos Riegel; pelo coordenador de Sistemas da DTI na Reitoria, Emerson Batista Saldanha; e pelo pró-reitor de Extensão, professor Fernando José Garbuio, a equipe do IFC participou como júri do desafio em conjunto com a equipe do IFSC.

De acordo com Garbuio, a participação neste evento demonstrou a importância da integração das duas instituições no desenvolvimento de soluções em conjunto a partir de uma demanda existente na Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. “Desde as primeiras turmas que estudaram nas então Escolas de Aprendizes e Artífices, criadas em 1909, até as atuais gerações que participam da rede dos Institutos Federais, existe uma agenda que merece atenção. Os alunos que se formam, ano a ano, vão perdendo vínculo com a instituição, e esse afastamento entre escola e egresso traz prejuízos tanto para o profissional formado quanto para nossos currículos. Sem o acompanhamento e o relacionamento com eles, perdemos informações valiosas que podem, a médio e longo prazo, qualificar ainda mais nosso serviço público”, justifica o pró-reitor do IFC.

A partir do resultado do desafio, que teve como vencedora a equipe XapSoft do IFSC Campus Chapecó, será elaborado um cronograma de atividades para o desenvolvimento da plataforma em conjunto entre as duas instituições. A previsão é de que ela seja concluída ainda no segundo semestre de 2019.

Texto: Cecom/Reitoria/Rosiane Magalhães
Fotos: arquivo pessoal

Estudantes do IFC Araquari realizam atividade de valorização do idoso

Na última sexta-feira, dia 11 de julho, cerca de 160 estudantes participaram de atividades de integração geracional, com aproximadamente 300 idosos dos Grupos da Melhor Idade do município de Araquari. Os estudantes envolvidos na ação estão cursando os anos finais do ensino médio no IFC Campus Araquari.

Os alunos contribuíram com a organização, decoração e interação da Festa Julina da Melhor Idade, promovida pela Prefeitura de Araquari. Uma tarde temperada com energia e experiência tomou conta do Salão Paroquial e fez com que as duas gerações (adolescentes e idosos) se juntassem para gerar felicidade. A ação faz parte do Projeto de Ensino Dia C, da disciplina de Sociologia, e teve como objetivo estimular o potencial dos adolescentes à participação social e comunitária por meio de diversas atividades de exercício da cidadania, protagonismo juvenil e cultura de paz.

Para o Prof. Roberto Dombroski, coordenador do projeto, “a interação dos estudantes com os idosos foi um aprendizado para a vida, pois são eles (adolescentes) que assumirão o comando da sociedade no futuro e, por isso, é importante aprimorar o contato intergeracional com ações que promovam o respeito, o reconhecimento e a felicidade mútua”.

Esta é mais uma das parcerias estabelecidas entre o Instituto Federal Catarinense e a Prefeitura de Araquari, por meio atividades dos Projetos Dia C e Super Ação. As ações do Gabinete e das Secretarias de Assistência Social, Educação e Esporte e Lazer do município têm oportunizado a realização de atividades sociais e comunitárias dos estudantes do campus, que crescem social e psicologicamente com essa participação.

Texto e imagem: IFC Araquari/Roberto Dombroski

Primeira Empresa Júnior do IFC Araquari passa a funcionar

A primeira Empresa Júnior do IFC Araquari foi fundada, com a aprovação do Conselho do Campus, no dia 28 de junho de 2019. A Empresa Júnior Aquassistência foi formada por bolsistas, do Laboratório de Aquicultura (LAq), estudantes dos cursos superiores de Agronomia, Medicina Veterinária e do curso técnico em Agropecuária.

A empresa consolida-se como pioneira no IFC Araquari e tem sua atuação com enfoque em Consultoria e Assistência Aquícola para produtores da Região Norte Catarinense. Além disso, busca incentivar a qualificação profissional da comunidade interna e externa por meio da realização de cursos com diferentes temáticas.

A ideia do projeto surgiu quando Julio C. B. Rodhermel, aluno da Medicina Veterinária e bolsista do LAq, conheceu o Movimento Empresa Júnior — responsável pelo engajamento de milhares de jovens no empreendedorismo e preparação para o mundo profissional. Ao visitar o evento Se Joga na Rede, organizado pela Fejesc (Federação das Empresas Juniores do Estado de Santa Catarina), Julio se mostrou interessado pela ação. “Foi amor à primeira vista”, conta o estudante. “Vi pessoas da minha idade que estavam realmente empolgadas e focadas em prestar serviços a empresas de sua região, tentando a todo custo influenciar positivamente o meio em que estão inseridos. A partir dali, já que sou bolsista, tive a ideia de fundar uma Empresa Júnior vinculada ao Laboratório de Aquicultura”.

Atualmente, a proposta conta com a participação de 17 membros fundadores. Ademais, outras empresas colaboraram para o desenvolvimento do projeto, bem como a Empresa Júnior EJDM, que trabalha com Design de Moda na UFSC de Florianópolis; e a EJ PRODCOM, empresa Júnior de Engenharia de Produção da Unisociesc de Joinville.

Adolfo Jatobá, professor do campus e participante da criação da empresa, falou a respeito das atividades: “A Empresa Júnior foi fundada para eles e a partir deles, o que torna isso mais gratificante para mim como docente, e, também, mais desafiador aos discentes. Ela dará aos alunos participantes novas oportunidades de aprenderem/evoluírem durante seu processo formativo, uma vez que assumirão o protagonismo das ações, sendo os responsáveis por definir estratégias e métodos, assim como a melhor forma de atuarem”.

A Empresa Júnior tem por objetivo fortalecer os laços da instituição com outras de diferentes regiões. Os serviços dessa empresa atenderão à comunidade com preços acessíveis, ofertando também a oportunidade para os estudantes do campus de terem um maior contato com a realidade do trabalho, no que diz respeito à cobrança do prazo de projetos, ao planejamento estratégico, à busca por parcerias, ao trabalho em equipe e ao profissionalismo. “Temos por objetivo ajudar a sociedade e, também, auxiliar na visão empreendedora dos nossos estudantes, para que o conteúdo teórico aprendido possa ser aplicado na prática”, finaliza Julio Rodhermel.

SAIBA MAIS – O que é uma Empresa Júnior?

É uma associação civil composta por estudantes, sem fins lucrativos, mas sim educacionais, de duração indeterminada, em que os cargos são decididos mediante eleição entre seus membros, segundo seu Estatuto Social.

O objetivo primeiro das empresas juniores é desenvolver pessoal e profissionalmente os seus membros por meio da vivência empresarial, realizando projetos e serviços na área de atuação dos cursos de graduação aos quais for vinculada. A Empresa Júnior visa fomentar o aprendizado prático do universitário em sua área de atuação, além de trabalhar com a autonomia no centro acadêmico. Com esse objetivo, pretende-se fomentar o crescimento pessoal e profissional do aluno membro, por meio do oferecimento de serviços de qualidade e a baixo custo ao mercado. Dessa forma, além de atingir seu próprio objetivo, as EJs contribuem para o desenvolvimento do empreendedorismo em sua região. Em alta escala, o Movimento das Empresas Juniores (MEJ) contribui com uma importante parcela no desenvolvimento empresarial e econômico do país.

Texto: Cecom/Araquari – Laís Tedesco e Raquel Rybandt

Projeto MIA leva cães para “passeio” em shopping

Locais pet friendly são cada vez mais comuns atualmente, ou seja, os animais de estimação tem sido bem-vindos em vários ambientes nos quais antes não era permitida sua entrada. O Shopping Muller, no centro de Joinville, é um destes espaços que permite aos pets acompanharem seus donos. O Projeto MIA – Movimento pela Interação Animal – esteve lá no último dia 09 de julho, com oito cães de variadas raças.

Todos os animais que participaram da atividade são “cães terapeutas”, muito mansos e carinhosos, ensinados para atuarem com terapias em centros hospitalares, lares de idosos, associações para pessoas excepcionais, entre outros espaços. O projeto MIA vem atendendo a estas demandas desde o ano de 2014, quando foi criado por estudantes do Curso de Medicina Veterinária do Instituto Federal Catarinense Campus Araquari.

Para as intervenções assistidas, ou “pet terapias” como também são chamadas, os cachorros e gatos participam de outras atividades educativas, são adestrados e treinados para fazerem truques que levam alegria às pessoas doentes, crianças ou idosos. O comportamento afetivo é o mais influenciado pela terapia com animais, gerando uma comunicação recíproca entre o pet e as pessoas. E é na infância quando se encontram os melhores resultados desta interação, promovendo o desenvolvimento da autoestima, respeito e companheirismo para com os animais.

A ideia desta ação foi passear com os cães pelo shopping, em frente às lojas, promovendo a interação com as pessoas. Os três andares foram visitados, com sucessivas pausas, para que as pessoas tirassem fotos, fizessem carinho, ou apenas admirassem os animais.

Por mais que haja um receio inicial, a expressão de “melhor amigo” se torna verdadeira com poucos segundos. É notável a recepção do público para com os pets, dos menores até os maiores – que sempre chamam mais atenção, tanto por seu porte, quanto pela sua doçura. No próximo dia 13 de julho (sábado), entre 10h e 17h, estes cães estarão novamente no Shopping Muller, onde acontecerá o evento “Mundo Pet”, com feira de adoção, exposição de produtos pets, crossdog e roda de truques, mini workshops, distribuição de brindes, entre outras ações. Todos podem levar seus pets ao evento também.

Texto e imagens: Cecom/Araquari

Submissões de trabalhos científicos estão abertas até dia 12 de agosto

Em sua quarta edição, a SEPE – Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão do Instituto Federal Catarinense Campus Araquari, divulga a data limite de 12 de agosto para envio de trabalhos científicos. Serão aceitas pesquisas para exposição nas modalidades de pôsteres científicos ou comunicações orais. As inscrições para o evento devem ser feitas através de seu site oficial: http://eventos.ifc.edu.br/sepe/

Os trabalhos podem ser individuais ou em equipes, sem limite para o número de autores cadastrados, já a opção pelo tipo de apresentação deve ser feita no ato da submissão do texto. O evento possui oito diferentes áreas temáticas para envio de resumos, sendo elas: Agronomia, Ciências Humanas, Educação, Informática, Medicina Veterinária, Química, Zootecnia/Recursos Pesquisas, Outros (multi e/ou interdisciplinar).

As submissões devem ser feitas em formato PDF, seguindo o modelo padrão disponibilizado pela comissão científica do evento (o download do modelo pode ser realizado AQUI). O trabalho final não deve ultrapassar o limite de 3 páginas, incluindo as referências.

Todas as pesquisas recebidas serão analisadas por uma comissão científica, composta por servidores da instituição, que poderá aprovar, validar com ressalvas (que devem ser corrigidas e o trabalho reenviado), ou reprovar a pesquisa para apresentação durante o evento. Os resultado das avaliações será disponibilizado até o dia 01 de setembro de 2019.

Após a apresentação no evento, independentemente da modalidade selecionada, os trabalhos aprovados terão sua publicação nos Anais da SEPE, juntamente com as outras edições do evento, e contendo a validação/certificação do ISSN (International Standard Serial Number).

Participe da SEPE

Realizada anualmente no mês de setembro, em 2019 a SEPE acontecerá entre os dias 16 e 21/09. Durante todo o evento são oferecidas gratuitamente cerca de 140 atividades, com um público médio total de aproximadamente 1500 pessoas. O evento se consolida com a participação da comunidade interna e externa ao campus, estudantes, pesquisadores e profissionais interessados em atualização e troca de conhecimentos.

Para atender a todo o público participante, são utilizados simultaneamente mais de 20 espaços diferentes dentro do IFC Araquari (BR 280, km 27,5 – Araquari – SC), para a oferta de oficinas, workshops, atividades culturais, palestras e muito mais.

Texto e imagem: CECOM/Araquari

Programa DiverPet representa o IFC Araquari com apresentação de trabalho no 37º Seurs

Nos dias 03 e 04 de julho de 2019, o Programa DiverPet foi apresentado na forma de comunicação oral pelas alunas do curso de Medicina Veterinária, no IFC Araquari, Édina de Oliveira (bolsista) e Karla Rafaela Miranda, acompanhadas pela Coordenadora/Orientadora do programa professora Eunice Akemi Kitamura.

A apresentação do trabalho ocorreu no 37º Seurs (Seminário de Extensão Universitária da Região Sul), realizado na Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, em Florianópolis. O tema deste evento foi “Extensão e Inovação” e a delegação do DiverPet participou de palestras, oficinas e mesas redondas com o assunto “conversando a extensão”.

Estas atividades tiveram a participação de representantes das Instituições de Ensino Superior da Região Sul, que assistiram também à apresentações orais, em vídeos e culturais, auxiliando ainda na divulgação do Programa DiverPet, este que conta com a colaboração de alunos, Técnicos Administrativos em Educação e Professores da instituição, além de apoio das empresas privadas.

“A oportunidade de representar o IFC Campus Araquari foi bastante gratificante e proveitosa para a equipe do Programa DiverPet”, comentou a coordenadora, professora Eunice Kitamura.

O que é o DiverPet

O DiverPet iniciou no segundo semestre de 2017, como atividade avaliativa referente ao projeto Veterinário do Bem, vinculado às disciplinas de Bem-Estar Animal e Sociologia, no IFC Campus Araquari. Atualmente, tornou-se um projeto de extensão.

O objetivo do DiverPet é realizar ações com crianças de escolas públicas e em Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) no município de Araquari, ensinando a confeccionar brinquedos e utensílios de enriquecimento ambiental para cães e gatos, utilizando materiais recicláveis e de baixo custo.

Sobre o Seurs

O Seminário de Extensão Universitário da Região Sul (Seurs) é um evento anual que promove o intercâmbio entre as universidades da Região Sul, possibilitando discussões e trocas de experiências extensionistas. Consolidado como o principal evento da extensão universitária no sul do país, o Seurs proporciona uma intensa troca de experiências e saberes, além de ser um espaço destinado às manifestações artístico-culturais.

Confira o Instagram oficial do DiverPet: @diverpetifc

 Fonte: Cecom/Araquari
Texto: Professora Eunice Akemi Kitamura

IFC recebe dez novos professores

Na sexta-feira, 5 de julho, dez novos servidores tomaram posse no IFC. A reitora Sônia Regina de Souza Fernandes conduziu a cerimônia, realizada pela manhã na Reitoria, em Blumenau, juntamente ao diretor de Gestão de Pessoas, Bruno Dutra Vieira, e à coordenadora-geral de Admissão, Movimentação, Saúde e Desenvolvimento de Pessoal, Luciane Hiebert.

Todos os empossados atuarão como professores em diferentes áreas e campi. São eles: Caciane Peinhopf Mega (Concórdia); Carlos Alberto Rizzi (Ibirama); Daiani Lodete Pirola (Fraiburgo); Diego das Neves de Souza (Camboriú); Ellenise Elsa Emídio Bicalho (Rio do Sul); Gabriela Jordão Lyra (Videira); Lindomar Duarte de Souza (Concórdia); Lucas Dominguez Cordeiro (São Bento do Sul); Márcio Oliveira de Souza (Araquari) e Patricia Castellen (Santa Rosa do Sul).

Na ocasião, os novos servidores foram orientados sobre seus deveres e direitos enquanto servidores públicos federais. Receberam também orientações repassadas pelos membros da Comissão de Ética do IFC.

Confira todos os registros fotográficos da cerimônia aqui.

Texto: Cecom/Reitoria / Rosiane Magalhães
Fotos: Cecom/Reitoria / Amanda Cadore

II Seminário do Agronegócio: inscrições já se encontram abertas

O 2º Seminário Catarinense do Agronegócio acontecerá no próximo dia 09 de agosto, com início às 8h. O evento será realizado no auditório do Instituto Federal Catarinense Campus Araquari e contará com palestrantes de renome nacional.

As inscrições são gratuitas e todas as palestras e atividades abertas ao público em geral; para participar basta realizar a inscrição através do site: eventos.ifc.edu.br/seminarioagrosc. Com vagas limitadas, as inscrições iniciaram no dia 10 de junho e encerrarão quando o limite de público for atingido.

Em sua segunda edição, o Seminário abordará assuntos variados dentro das áreas de produção animal, desde perspectivas no setor agropecuário e até um panorama atual da pesquisa e aquicultura no Brasil, trazendo o Secretário Nacional da Pesca, Jorge Seif Junior, para falar sobre o assunto.

Confira abaixo o cronograma completo de atividades do II Seminário Catarinense do Agronegócio
8h00 — Credenciamento e café;
9h00 — “Panorama atual e as perspectivas da Agropecuária para Santa Catarina”, palestrado por Ricardo de Gouvea;
11h00 — “Panorama atual e as perspectivas da Pesca e Agricultura no Brasil”, por Jorge Self Junior;
12h00-13h30 — Almoço;
13h30 — “Delineamento Experimental e Gestão de Pesquisa”, por Thomaz Lucia Jr;
14h30 — “Mesa redonda: demandas para pesquisas aplicadas”, pelos representantes de instituições e do agronegócio;
16h00 — “Mestrado Profissional em Produção e Sanidade Animal”, por Ricardo Evandro Mendes e Ivan Bianchi.

O evento possui certificação digital, toda ela feita de modo on-line, associada aos dados cadastrados pelo participante no ato da inscrição. O download dos certificados e comprovantes de presença estarão disponíveis logo após o evento, no site oficial do Seminário.

Conheça os palestrantes
Ivan Bianchi: Atua como docente no IFC Campus Araquari, é Coordenador adjunto do Programa de Pós-Graduação em Produção e Sanidade Animal; docente permanente do Mestrado Profissional em Tecnologia e Ambiente. Formado em Medicina Veterinária, possui doutorado em Biotecnologia Agrícola e mestrado em Zootecnia.

Jorge Seif Junior: É Secretário Nacional da Pesca, ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA. Possui vasta experiência como empresário no setor de pescados no estado de Santa Catarina.

Ricardo Evandro Mendes: Possui graduação em Medicina Veterinária e mestrado em Ciências Veterinárias, com doutorado pela universidade de Córdoba (UCO) – Espanha. Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em produção de vacinas recombinantes e de DNA; e em Patologia Animal.

Ricardo de Gouvea: É Secretário da Agricultura e Pesca de Santa Catarina. Diretor Executivo do Sindicarne e fundador do Instituto Catarinense de Sanidade Agropecuária (Icasa). Integra a Associação Catarinense de Avicultura (ACAV) e é membro do Conselho Temático do Agronegócio na Confederação Nacional da Indústria (COAGRO/CNI), além de fazer parte do Conselho da Associação de Proteína Animal (ABPA).

Thomaz Lucia Junior: Possui graduação em Medicina Veterinária e mestrado em Sanidade Animal pela Universidade de Pelotas, com doutorado em Medicina Veterinária pela University of Minnesota, EUA. Atualmente é Professor Titular da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

Saiba mais sobre o Programa de Pós-Graduação que organiza este evento

O PPGPSA – Programa de Pós-Graduação em Produção e Sanidade Animal, organizador do evento “II Seminário Catarinense de Agronegócio”, é um curso gratuito e destinado prioritariamente aos profissionais com reconhecida atuação em produção e sanidade de suínos e aves; produção e sanidade em aquicultura; clínica e produção de grandes animais; e animais silvestres.

As características peculiares do mestrado profissional permitem a aproximação das instituições de pesquisa e ensino com setor produtivo, com projetos orientados para o desenvolvimento de C, T&I, a fim de contribuir para aplicação imediata dos conhecimentos na atividade profissional do pós-graduando e gerando valor.

Para saber mais sobre o mestrado profissional, acesse: ppgpsa.ifc.edu.br

Fonte: Cecom/Araquari

Aluno do IFC Araquari tornou-se embaixador do Animal Health South America

Julio Cesar Bailer Rodhermel, acadêmico em Medicina Veterinária e bolsista do Laboratório de Aquicultura do IFC Campus Araquari, foi selecionado como um dos embaixadores do Animal Health South America 2019. O processo seletivo dos Embaixadores Universitários ocorreu mediante inscrições, com um memorial descritivo do currículo dos estudantes, as quais foram analisadas por uma equipe de médicos veterinários de referência no mercado, parceiros UBE Américas, organizadora do evento.

“Os setores de Saúde e Nutrição Animal estão passando por importantes momentos de transformações, estimulados pelas tecnologias que inovam esse mercado”, comentou Julio Cesar ao explicar sobre sua importante missão como embaixador. Em seguida, continuou: “Os embaixadores possuem o compromisso de contribuir ativamente com discussões durante a programação de conteúdo de Animal Health South America, e, em seus ambientes acadêmicos e sociais, se tornarão multiplicadores dos conhecimentos adquiridos durante a Feira”.

Animal Health South America é um evento internacional de inovações e soluções para centros veterinários e saúdes dos pets, que ocorrerá entre os dias 02 e 04 de outubro de 2019, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). Esta ação terá sua primeira edição neste ano, 2019, e foi criada a partir de um grupo de profissionais com grande experiência nos segmentos de feiras de negócios, de comunicação e do setor veterinário, que visam contribuir com o desenvolvimento de profissionalização do setor médico veterinário de pequenos animais, por meio da difusão de conhecimento, conceitos e tecnologias, além de promover o networking e a geração de negócios no segmento veterinário no Brasil e na América do Sul.

Além do Título de Embaixador Animal Health South America 2019, os selecionados possuem outros benefícios, bem como o credenciamento VIP e exclusivo com acesso total ao Animal Health Congress (o evento conta com o Mega Pet Fórum, Anclivepa Nacional e Simpósio de Cirurgia), à página especial dos embaixadores no website oficial do evento, a entrevistas, uma matéria exclusiva sobre os embaixadores na revista Nosso Clínico em outubro, materiais personalizados do evento (caderno, bolsa, revistas, folders com desconto de embaixador, etc.), entre outros.

Saiba quem são os embaixadores: https://www.animalhealthsa.com/embaixadores

Para saber mais sobre o evento, acesse o site: https://www.animalhealthsa.com/

Texto: Cecom/Araquari – Laís Tedesco
Revisão: Raquel Rybandt

Campus Araquari realiza 11ª Olimpíada Interna

No dia 04 de junho de 2019, aconteceu o encerramento da 11ª edição da Olimpíada Interna do IFC Campus Araquari.  O evento teve início no dia 30 de maio de 2019, com a abertura oficial na área de convivência do Bloco E.

O objetivo da atividade é a integração de servidores, docentes, técnico-administrativos, funcionários terceirizados e alunos dos cursos técnicos, proporcionando maior socialização dentro da instituição, estimulando assim o espírito de equipe e a prática desportiva, criando um ambiente de diversão, descontração e criatividade entre os competidores.

A competição contou a com a participação de sete equipes:

  • Vermelha (WILDCATS), formada pelas turmas 1AGRO2, 2INFO3 e 3INFO1;
  • Laranja (Guarás), formada pelas turmas 1AGRO3, 2QUIMI e 3INFO2;
  • Azul (Tritões), formada pelas turmas 1INFO2, 2AGRO3 e 4QUIMI;
  • Preta (Krisis), formada pelas turmas 1INFO1, 2AGRO1, 3QUIMI e 3AGRO1;
  • Rosa (Wandalizados), formada pelas turmas 1AGRO1, 2AGRO2 e 3INFO3;
  • Branca (Branquelas); formada pelas turmas 1INFO3, 2INFO2 e 3AGRO3;
  • Verde (Serpentes), formada pelas turmas 1QUIMI, 2INFO1 e 3AGRO1;

Durante a abertura as equipes realizaram performances diversas — dança, luta e teatro — em comemoração ao início dos jogos. Alunos de todos os times formaram uma plateia animada e fervorosa enquanto assistiam ao espetáculo.

O primeiro dia de competições condensou a maior parte dos jogos de mesa – como canastra, uno, general, truco, dominó, entre outros – e dos jogos digitais, como Pokémon Go e Clash Royale, entre outros.

O segundo dia foi destinado, em grande parte, aos esportes de quadra coletivos, como futsal, vôlei e handebol. Devido ao grande quantitativo de equipes, as finais e semifinais planejadas para o sábado não puderam ser realizadas, prolongando as competições até a terça-feira, dia 04 de junho.

Um dos destaques nas competições foi a Gincana de conhecimentos culturais, que teve como tema em 2019 os “60 anos do Campus Araquari”. As equipes também pontuaram por arrecadação de kits para Festa Junina e doação de sangue.

A maior de todas – Como marco histórico do campus, a 11ª edição da Olimpíada Interna do IFC, e a 26ª edição dos jogos neste campus, foi a maior de todos os tempos, tanto em número de inscrições (aproximadamente 700) quanto em modalidades esportivas (cerca de 30 diferentes competições). O evento também obteve a maior participação online, assim como a maior duração em dias.

Boa parte da organização do evento — bem como a realização das modalidades — só foi possível graças a participação ativa do Grêmio Estudantil, entidade estudantil representativa dos alunos do Ensino Médio e que vem ganhando cada dia mais força e destaque no campus.

Texto e imagens: Cecom/Araquari – Laís Tedesco e Raquel Rybandt